Como um e-mail de um dos co-fundadores do Android pode custar bilhões ao Google

Avatar

Por Lucas Bicudo

16 de Maio de 2016 às 15:44 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Um e-mail enviado por Andy Rubin, co-fundador do Android, lá em 2006, pode acabar custando ao Google bilhões de dólares em sua briga judicial com o Oracle.

O argumento central que está alimentando a discussão entre as duas gigantes é se o Google teria infringido o copyright do Oracle colocando peças chave da tecnologia do Java no sistema operacional Android.

O Java foi desenvolvido pela Sun Microsystems, adquirida pelo Oracle em 2009. Pouco tempo depois da aquisição, a companhia deu entrada em uma série de processos em cima do Google, alegando infração de copyright.

Para provar seu caso, o time de advogados do Oracle ressuscitou um e-mail de Andy Rubin, lá de 2006, em que o co-fundador admite ter conhecimento que a linguagem de programação do Java tinha seus direitos reservados para a Sun – e além disso, o próprio Google sabia e deliberadamente ignorou o copyright da companhia.

O mundo da tecnologia alega que APIs não estão sujeitos a direitos autorais, o que impossibilitaria qualquer tipo de interoperabilidade legal no caso. Dito isso, em 2014, uma apelação foi aprovada pela corte americana, em favor do Oracle, a qual é admitido que os APIs possuem sim seus direitos reservados.

Se um júri for de fato calcular toda a quantia devida ao Oracle agora baseado nesse e-mail, isso pode acabar se tornando um golpe bem sangrento para o Google. Isso porque se a companhia for julgada por ignorar os copyrights obstinadamente, sua sentença pode escalar demasiadamente e custar bilhões de dólares a mais além dos US$ 9 bi já pedidos.

(via Business Insider)

 

 
Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]