Como a NVIDIA está revolucionando o mercado de games

Avatar

Por Isabela Borrelli

4 de dezembro de 2018 às 08:03 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A NVIDIA criou uma inteligência artificial (IA) que é capaz de desenvolver mundos virtuais a partir de vídeos do mundo real. Isso significa que a IA consegue, a partir do que pode ser considerado um rascunho, criar ambientes em detalhe, com texturas, iluminação e até organizar os objetos pela maneira como interagem no mundo real.

O impacto dessa conquista não é só na inteligência artificial. No universo dos games, leva-se muito tempo para criar os gráficos dos jogos. Por exemplo, o jogo Red Dead Redemption 2, necessitou de um time de aproximadamente 1000 desenvolvedores e mais de oito anos para fazer o design do game.

A nova tecnologia da NVIDIA permitirá, afirma a empresa, que esse trabalho seja feito de forma muito mais rápida. Talvez até de forma autônoma, em questão de pouco tempo.

Segundo o MIT Technology Review, os pesquisadores da NVIDIA treinaram as máquinas com diversos vídeos onde elas aprenderam a identificar a diferença entre os objetos. O que era uma árvore, um carro, entre outros. Para isso, cada tipo de objeto recebeu uma cor diferente, fazendo com que a identificação se tornasse mais fácil.

Para o software de inteligência artificial ser capaz de preencher o contorno dos objetos com imagens 3D, foi utilizado o que é chamado de rede contraditória generativa. A tecnologia conhecida como GAN (em inglês, generative adversarial network). Basicamente essa rede  faz com que seja possível sobrepor e sintetizar imagens e áudios realistas, o que torna o mundo virtual muito mais real.

Conheça mais um pouco sobre o projeto.

https://www.youtube.com/watch?v=ayPqjPekn7g%20