Waze Carpool é lançado no Brasil com caronas a partir de R$ 2

Com o anúncio, o Brasil se torna o primeiro grande mercado do Waze a disponibilizar o serviço de compartilhamento de caronas em nível nacional

Avatar

Por Isabella Câmara

21 de agosto de 2018 às 18:50 - Atualizado há 1 ano

Após mais de um ano do lançamento do serviço de caronas do Waze no Brasil, a empresa finalmente anunciou a chegada oficial do aplicativo na manhã desta terça-feira (21). Conhecido como Carpool, o serviço que funciona com o compartilhamento de trajetos entre passageiros e motoristas, é uma tentativa da companhia de desafogar o trânsito e facilitar o deslocamento entre os usuários que já usam o serviço de mapas.  “A missão do Waze é poupar cinco minutos para os motoristas ao fazê-los driblar o trânsito”, afirma Di-Ann, diretora do Waze.

O aplicativo, que oferece um serviço similar ao que o  Blablacar já oferece no Brasil, funciona sem o lucro para quem dirige e sem a presença de profissionais. Com o objetivo de unir quem dirige a passageiros que compartilham parte da rota diária dos motoristas, e assim dividir os custos do combustível e manutenção do veículo, o Carpool sugere que cada carona deverá custar R$ 2 no primeiro mês. Após o período promocional, quem está dirigindo escolherá o valor da corrida, que deverá custar entre R$ 4 e R$ 25.

Apesar da demora no lançamento oficial do Carpool no Brasil, o país é o primeiro grande mercado do Waze a disponibilizar o serviço de compartilhamento de caronas em nível nacional. Além disso, desmistificando qualquer insinuação de que os motoristas brasileiros lucrarão com o novo aplicativo, Di-ann Eisnor afirma que isso não será possível:  “Os wazers vão fazer algum dinheiro, para cobrir os custos, mas não suficiente para se tornarem profissionais”, afirmou. “Não é serviço de transporte particular, táxi, Uber. É carona”.

Segurança em primeiro lugar

Para manter a segurança dos usuários, segundo o próprio Waze, o passageiro poderá escolher com quem deseja pegar uma carona – tudo baseado em perfis, avaliações e filtros personalizados. Ou seja, tanto quem dirige quanto quem pegará a carona poderá escolher dividir o carro com pessoas do mesmo sexo ou até mesmo pessoas conhecidas, como colegas de trabalho. Além disso, o Carpool permitirá apenas duas caronas por dia e os os dois lados poderão verificar as redes sociais, quilômetros rodados e a avaliação do acompanhante.

O aplicativo também permite que usuários utilizem seu e-mail corporativo para fazer o login no aplicativo e exibe essa informação na lista de verificações do perfil, fator que aumenta a credibilidade de cada um. Caso haja algum imprevisto com a carona, a empresa disponibilizou um sistema de suporte, que poderá ser utilizado tanto para evitar problemas quanto para reportar algum incidente com o motorista ou passageiro.

O Carpool exige o uso de dois novos aplicativos, um para o motorista e outro para quem deseja uma carona. Para procurar uma viagem, é necessário baixar o aplicativo Waze Carpool, informar o endereço residencial e corporativo, bem como sua rotina de horário. Após fornecer essas informações, basta conectar o aplicativo a suas redes sociais – a partir daí já será possível avaliar os trajetos dos motoristas próximos e solicitar a carona.

O compartilhamento de carona é uma das tendências que transformá o futuro da mobilidade urbana. Quer saber mais sobre as novidades do setor? Não perca o Mobility Day, um evento que reunirá as principais inovações e disrupções da mobilidade!