BMW adquire aplicativo de vagas para carros que pode acabar com o trânsito

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

16 de janeiro de 2018 às 14:46 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A BMW adquiriu a Parkmobile, um aplicativo que traz orientação para as pessoas que buscam por uma vaga para o carro na América do Norte. O aplicativo mapeia desde as vagas disponíveis nas ruas, às vagas de estacionamento pagas, possibilitando até a reserva de vaga.

O BMW Group já tinha realizado um investimento minoritário na empresa, mas aumentou sua participação hoje para ser sócia majoritária da empresa, que fica localizada em Atlanta. A BMW também possui uma afiliada da empresa na Europa, a Parkmobile Group Europe.

Disponível em 300 cidades dos Estados Unidos, a Parkmobile LLC possui uma atuação significante no mercado automobilístico do país. Para a BMW, a aquisição significa uma atuação maior nos serviços de estacionamento dos Estados Unidos.

A BMW afirma que 30% dos trânsitos das cidades é causado por pessoas que estão procurando lugares para estacionar o carro. O problema acontece especialmente quando a cidade é desconhecida para o motorista, quando a hesitação aumenta, o que gera mais lentidão.

No ano passado, a Parkmobile alcançou 8 milhões de usuários registrados e processou 50 milhões de transações para ajudar pessoas a encontrarem vagas. A empresa trabalhou com a BMW para ajudar motoristas a encontrarem vagas diretamente no sistema do veículo.

A possibilidade de mapear o número e locais de vagas de estacionamento em cidades é algo que traz o conceito de “smart city” à tona. As cidades inteligentes são uma promessa do futuro, e outras empresas de automóveis como a Ford já estão investindo nessa tecnologia.

Para saber como a área de logística e mobilidade será impactada por novas tecnologias em 2018, participe do evento 2018 – A Revolução da Nova Economia.

[php snippet=5]

(Via Techcrunch)