“As startups estão acelerando a transformação para a Nova Economia”

Avatar

Por Isabella Câmara

10 de outubro de 2017 às 11:20 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Cristiano Kruel, head de inovação do StartSe, abriu o LawTech Conference, evento focado no universo jurídico, com mais de 1.000 pessoas, discutindo sobre definições para o termo startup. Segundo Kruel, risco, inovação, incerteza e exponencialidade são palavras que descrevem o dia a dia desse novo modelo de negócio. “Uma startup custa originalidade para poder causar disrupção, e o movimento delas está acelerando a transformação para a chamada Nova Economia”, comenta.

Essa nova tendência fará com que a disrupção ganhe cada vez mais espaço no mercado em comparação as tradicionais empresas. O tempo que as grandes companhias permaneciam no índice de referência, por exemplo, tem diminuído significativamente. “Antigamente uma empresa passava cerca de 60 anos no S&P 500. Hoje, ela pode ser substituída a cada 15 dias”, afirma Kruel. Essa diminuição da vida útil das corporações é conduzida pelo crescimento de startups, que acabam alcançando o sucesso mais depressa e ditando as transformações do mundo.

A Tesla, fabricante de automóveis mais inovadora do momento, só produz veículos elétricos, e vem pesquisando tecnologia para transformá-los em autônomos. A companhia reflete claramente a relação entre empresas tradicionais e disruptivas. Em pouco mais de dez anos de existência, a Tesla vale hoje mais do a GM e a Ford, mesmo vendendo uma fração ínfima de carros que seus rivais. segundo Cristiano Kruel, vende mais de 100 milhões de carros por ano

Tecnologias como essa estão mudando a percepção das pessoas. Segundo ele, hoje, as tecnologias parecem até magia. A realidade aumentada, por exemplo, até pouco tempo era vista como ficção científica e hoje está se tornando realidade.

As startups estão dominando o mercado devido a facilidade de acesso ao ecossistema. “O custo para se iniciar uma startup nos anos 2000 era de aproximadamente US$ 5 milhões. Já em 2011, a pessoa pode ter cerca de US$ 5 mil que já pode ter acesso a esse modelo”, comenta Kruel.

As redes sociais, de acordo com ele, possuem um papel muito importante nessa transformação. “Um exemplo é a presença de pessoas de fora de São Paulo aqui no evento, elas tiveram acesso ao LawTech por meio das redes sociais, onde a quantidade de informação disponível é enorme”, diz.

Isso não é diferente no setor jurídico, que cada vez mais é afetado com as inovações que estão por vir – e de muitos outros que serão completamente transformados nos próximos anos. Criamos o curso Nova Economia – para tratar de todas as transformações que o mundo está passando nos próximos anos -, com Maurício Benvenutti, autor do bestseller Incansáveis. Confira e inscreva-se gratuitamente.