Apple sofre ataque de hackers e precisa remover mais de 300 apps de sua loja

Avatar

Por Juliana Américo

21 de setembro de 2015 às 12:35 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – A semana não começou muito bem para a Apple. Depois de receber reclamações de consumidores em relação ao iOS 9 que travou os dispositivos mais antigos, a empresa sofreu o maior ataque de hackers na App Store desde sua existência.

Segundo o jornal The Guardian, no domingo (20), a empresa informou que estava removendo mais de 300 apps infectados com malware de sua loja de aplicativos após uma versão contaminada de suas ferramentas para desenvolvimento levar a uma série de aplicativos chineses a vazarem informações pessoais dos usuários.

Várias empresas de segurança cibernética relataram a descoberta de um programa malicioso chamado “XcodeGhost” que foi incorporado em centenas de aplicativos legítimos.

Este é o primeiro caso relatado de um ataque destas proporções à loja da Apple. Antes, um total de apenas cinco aplicativos maliciosos já havia sido encontrado na App Store, segundo a empresa de segurança cibernética Palo Alto Networks.

“Nós removemos os aplicativos da App Store, que sabemos ter sido criado com este software falsificado”, disse a porta-voz da Apple, Christine Monaghan, em um e-mail. “Estamos trabalhando com os desenvolvedores para se certificar de que eles estão usando a versão apropriada do Xcode para reconstruir seus aplicativos”.