Apple acaba de matar um dos projetos favoritos de Steve Jobs

Da Redação

Por Da Redação

4 de Maio de 2016 às 13:01 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Antes de selar seu retorno para a Apple nos anos 1990, Steve Jobs trabalhava em um grande projeto em sua nova companhia: a WebObjects, uma série de ferramentas para fazer “aplicações de internet”. O que chamamos hoje de “websites”.

Um desenvolvedor java chamado Hugi Thordarson mandou dezenas de e-mails para a Apple e recebeu uma resposta triste a respeito de um dos projetos mais amados por Jobs: o WebObjects está oficialmente morto. Primeiro, os porta-vozes da Apple não sabiam o que significava o WO, para depois afirmar que ele era um “produto descontinuado e que nunca será melhorado”.

Veja mais:
Hangout gratuito do StartSe te ensina tudo sobre inovação com o “Mark Zuckerberg brasileiro”
Como a inovação escapou da Apple e a fez ter pior resultado em 13 anos
Como a lógica de Aristóteles fez a Apple lucrar bilhões

O WO era um projeto muito a frente de seu tempo e a Apple continua usando partes dele na Apple Store até hoje – pense, ele foi inaugurado em 1996, quando a internet estava apenas engatinhando. Mas o projeto não tem upgrades desde 2008, quando Steve Jobs ainda estava vivo.

A ideia de Jobs era montar websites através de pequenos módulos, que agiriam como se fossem blocos de Lego. Revolucionário para a década de 1990 e basicamente como a internet funciona hoje (basta olhar como funcionam os sites mantidos por WordPress, que são cerca de 25% de toda a internet).

(via Business Insider)