Após polêmica com Google, Uber apresenta seu novo modelo de caminhão autônomo

Avatar

Por Lucas Bicudo

30 de junho de 2017 às 16:49 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Grupo de Tecnologias Avançadas da Uber tem uma nova versão de seu caminhão autônomo. O modelo possui tecnologia atualizada, incluindo uma matriz LiDAR de rotação de 64 canais, algo que nunca foi usado anteriormente em qualquer um dos caminhões de teste da Otto.

O Uber ATG sentencia a Otto. A Uber aposentou esse nome após uma disputa de marca com a canadense Otto Motors e depois do processo da Waymo, que alega que os executivos da Otto receberam informações confidenciais quando saíram do Google.

O Grupo de Tecnologias Avançadas assumiu o projeto e agora os caminhões foram atualizados com alguns aspectos da tecnologia ATG pela primeira vez. Entretanto, o Gerente de Produtos da ATG, Alden Woodrow, diz que a antiga equipe da Otto, com sede em São Francisco, continua liderando o projeto.

Woodrow também observou que, além da estreita colaboração entre as equipes de Pittsburgh e São Francisco, o novo escritório da ATG, em Toronto, oferecerá oportunidades adicionais para ajudar a desenvolver a tecnologia.

O novo caminhão também inclui um novo LiDAR giratório, com novos sensores de hardware e novos componentes de software. Isso atualiza o design que foi usado anteriormente – aquele que fez a entrega de 50 mil Budweiser no Colorado.

O LiDAR usado no novo design é uma peça de prateleira, disponível para compra (provavelmente um HDL-64E fornecido pela Velodyne, dado o design e as especificações, embora Woodrow não tenha sido capaz de confirmar devido a acordos de confidencialidade), em vez de um desenvolvido dentro de casa.

O protótipo da Otto nunca usou um LiDAR desse tipo e a adição de suas capacidades deve ajudar consideravelmente na percepção do seu arredor.

O novo modelo será testado em São Francisco. Questionado sobre como o DMV da Califórnia se sente sobre isso, dado alguns relatórios de que o órgão de licenciamento teria investigado seus testes de condução autônoma, Woodrow disse que eles realmente têm uma estreita relação e que os representantes os visitaram recentemente para obter uma atualização sobre o seu progresso.

Não deixe de conferir: Montamos o e-book: “Conheça o Vale do Silício“, para te ajudar a entender como as coisas funcionam em um dos maiores centros de inovação do mundo.

(via TechCrunch)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]