Aplicativo bate Tinder e Twitter e faz empresa centenária ter seu melhor dia na bolsa em décadas

Da Redação

Por Da Redação

11 de julho de 2016 às 12:51 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Nintendo certamente fez parte da infância de boa parte das pessoas que leem este portal. Nomes como Mario, Zelda e Pokémon certamente trazem boas memórias ao pessoal de até 40 anos de idade (o tempo passa, o tempo voa). Eu adorava Pokémon quando era criança. Tive o azul, vermelho, prata, ouro, esmeralda, rubi… tudo.

E certamente serei um dos usuários de Pokémon GO quando ele oficialmente sair no Brasil. Esse aplicativo é um dos maiores sucessos que eu já vi, o que me é bastante surpreendente. Em poucos dias desde que ele foi lançado oficialmente nos Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália (e extra-oficialmente no mundo inteiro), já há mais usuários usando-o que Tinder e Twitter – dois aplicativos GIGANTES.

Afinal, de acordo com a SimilarWeb, 5% dos celulares já possuem Pokémon GO na região em que eles foram lançados, contra 2% do Tinder. Em termos de usuários ativos, esses 5% dos celulares (afinal, você baixou o jogo nos últimos dias, dificilmente não abriu o aplicativo) já é mais que os 3,5% que usam o Twitter a cada mês. Ou seja, um aplicativo de dias de idade já é maior que uma rede social de 1o anos que possui uma das marcas mais replicadas por aí.

Só que esse sucesso todo foi uma espécie de “fracasso”. Os servidores não aguentaram tanta demanda, muita gente não conseguiu jogar, teve gente que não conseguiu logar novamente, o jogo teve milhões de bugs, malwares se passaram pelo aplicativo… um desastre que fez a Nintendo ter alta de 23% em apenas um dia no pregão da bolsa de Tóquio – sua maior alta desde a década de 1980, quando era, sem discussão, a maior empresa de videogames do mundo.

E sem dúvidas, o Pokémon GO virou um fenômeno no MUNDO REAL. Além de mostrar a capacidade da inovadora realidade aumentada, o aplicativo está fazendo o que quase nenhum outro aplicativo consegue fazer: levar pessoas para lugares.

E esses estabelecimentos já estão usando o Pokémon GO para aumentar a quantidade de pessoas que lá passam. Essa sorveteria de São Paulo, por exemplo, fingiu que havia um Pokémon raro. Viralizou e teve que editar a publicação dizendo que era apenas uma imagem ilustrativa.

Outros eventos da vida real não foram tão afortunados: bandidos usam o Pokémon GO para conseguir assaltar com mais frequência, enquanto um garoto encontrou um corpo morto enquanto buscava seu Pokémon. Algumas pessoas atravessaram a rua sem olhar se podiam e foram atropeladas. Um local de interesse era uma delegacia no mundo real, e as pessoas começaram a entrar – fazendo com que os policiais expulsassem os transeuntes. Normal.

O fato é: Pokémon GO é o maior sucesso recente da história dos smartphones. Sua realidade nunca esteve tão aumentada e divertida quanto agora. Independente da sua idade.

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]