Americanos estão querendo transformar suas casas em casas inteligentes

Da Redação

Por Da Redação

2 de janeiro de 2018 às 10:02 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Natal foi ótimo para uma empresa em particular nos Estados Unidos: Amazon. Além de vendas excepcionais, a gigante de Jeff Bezos conseguiu emplacar o seu home device, o Amazon Echo, que vendeu espetacularmente bem, conforme americanos correm para transformar suas casas em casas inteligentes.

Prova disso é que desde o natal o aplicativo do Echo, Amazon Alexa, é líder nas lojas de aplicativos tanto do Google quanto da Apple – o que mostra que muitas das pessoas que ganharam o Echo estão configurando o aparelho para suas casas. Vendas de lâmpadas inteligentes seguiram essa tendência.

Ter um home device em casa pode ser algo transformador. Você pode usá-lo para acender luzes, ligar e desligar aparelhos e modificar as configurações de seu ar condicionado, por exemplo, ou esfriar/esquentar a casa enquanto você ainda estiver fora dela. Parece besteirinha, mas torna o dia-a-dia mais interessante: quem nunca quis apagar as luzes da casa diretamente da sua cama?

Casas mais inteligentes com tecnologia são uma tendência dos próximos anos – muitas das novas residências construídas já devem vir com esse tipo de novidade, colaborando para agregar valor na escala. Estamos promovendo um evento sensacional sobre o assunto, a maior conferência para startups e tecnologias no setor imobiliário. Conheça aqui o programa.