Amazon Web Services agora vale a incrível soma de US$ 17,5 bilhões sozinha

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

5 de fevereiro de 2018 às 12:15 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Amazon Web Services é a plataforma de nuvem (e outros serviços de computadores) da gigante do varejo Amazon e nasceu como um negócio paralelo às atividades de varejo da companhia. Na AWS, estão disponíveis desde banco de dados, inspeção de segurança em aplicativos, gerenciamento de criptografia, serviços de inteligência artificial (como a criação de chatbots) e outros.

Na semana passada, a empresa revelou o aumento de 17% nas vendas do último trimestre de 2017, comparado com o mesmo período em 2016. A Amazon Web Services vendeu US$ 5,1 bilhões, enquanto em 2016 as vendas no último trimestre alcançaram de US$ 3,5 bilhões. A Amazon Web Services também experimentou um aumento nas vendas em 2017: US$ 17,46 bilhões, contra US$ 12,22 bilhões em 2016. Mas esse é apenas uma parcela das vendas que a própria Amazon experimentou em 2017: a companhia atingiu US$ 60,5 bilhões no ano passado.

Desde que a empresa começou a oferecer serviços de migração de nuvem, mais de 54 mil bases de dados migraram para os serviços da Amazon Web Services. A Amazon é uma das empresas que devemos continuar de olho neste ano, pois possui o potencial de trazer muitas inovações nos setores em que atua. Para conhecer as tecnologias e startups mais promissoras deste ano, leia o nosso ebook gratuito: 2018 – Observation Deck.

(Via Business Insider)