Amazon resolve abrir uma loja física (mas com um detalhe)

Da Redação

Por Da Redação

3 de novembro de 2015 às 10:28 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Amazon decidiu abrir uma loja física, chamada de “Amazon Books” em Seattle, nos Estados Unidos. É a primeira do tipo e deverá vender todos os produtos da empresa, como o Kindle, Echo e a Fire TV – usando informações do site.

Como mostra o The Seattle Times, a empresa colocará várias menções ao site, como reviews de leitores em placas antes dos livros e a nota dos livros. “Estamos pegando os datos que temos e criando espaços físicos com isso”, afirma Jennifer Cast, vice-presidente da Amazon Books.

Uma diferença significativa é que os livros serão colocados sempre com a capa virada para o usuário, ao invés de mostrar apenas o lado de cada um. Toma muito mais espaço, mas pode ser mais interessante para quem está lá para achar novidades e para os autores. “Percebemos que a gente se sentia culpado pelos livros que estavam de lado”, afirma Jennifer.

Os preços serão os mesmos do online. A decisão da Amazon foi tomada por que as pessoas ainda gostam de visitar lojas físicas e as vendas de livros físicos estão mais fortes do que nunca. Resta saber se mais lojas serão abertas em outros mercados.

amazonrl3

amazonrl2

amazon1

Leia também: 

Amazon copia Uber e abre serviço similar com o mesmo discurso
Jeff Bezos se desfaz de 1 milhão de ações da Amazon e recebe US$ 532 milhões
“Eu me demitiria se trabalhasse em um lugar assim”, diz 7º mais rico do mundo