Amazon adquire a startup Ring por US$ 1 bilhão, 2ª maior compra da empresa

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

28 de fevereiro de 2018 às 18:32 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Amazon está comprando a startup Ring, que cria campainhas inteligentes para a casa, com vídeo e microfones capazes de serem acessados de qualquer lugar através de um smartphone. A empresa produz câmeras e outros acessórios inteligentes para trazer mais segurança às casas, em que os donos podem saber se há movimento em suas propriedades em qualquer lugar do mundo.

A Ring foi comprada por um valor entre US$ 1,2 bilhão e US$ 1,8 bilhão, de acordo com fontes. Uma rodada de investimentos recente avaliou a startup em US$ 1 bilhão – um unicórnio. A Ring já tinha levantado cerca de US$ 450 milhões de fundos de capital de risco como True Ventures e o próprio Amazon Alexa Fund. Para entender como startups captam investimentos, leia nosso e-book gratuito sobre captação.

A aquisição da startup é interessante e estratégica para a Amazon, que já está começando a entregar as compras das pessoas dentro das casas. Até então, a varejista está usando uma câmera de segurança conectada chamada de Amazon Cloud Cam para membros Prime. “A Ring está comprometida na missão de reduzir crimes nas vizinhanças, trazendo ferramentas de segurança para as casas acessíveis e efetivas que trazem um impacto positivo nas casas, comunidades e no mundo”, disse a Ring.

A aquisição bilionária é a segunda maior da empresa. Por enquanto, a compra da cadeia de alimentos saudáveis Whole Foods ainda figura o primeiro lugar, no valor de US$ 14 bilhões.

(Via Recode)

[php snippet=5]