Alibaba planeja investir no Grab, concorrente da Uber na Ásia

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

5 de abril de 2018 às 12:29 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O Grab, um dos maiores concorrentes da Uber na Ásia, recentemente comprou a atuação da empresa no Sudeste Asiático – em troca, a Uber adquiriu 27,5% do Grab. Agora, o Grab poderá passar por mais uma grande mudança: um investimento pelo Alibaba.

O Alibaba é a maior rede de e-commerce da China e agora está planejando investir no setor de mobilidade. Fontes informaram ao TechCrunch que a gigante chinesa está nos estágios iniciais para um investimento no Grab, avaliada em US$ 6 bilhões por investidores em 2017.

Em junho de 2017, também havia rumores de que o Alibaba investiria no Grab, mas o negócio não se concretizou até então. É uma boa hora para o Grab receber o investimento, já que o Go-Jek, rival da Indonésia, está se expandindo no mercado regional asiático. O aporte poderá dar o fôlego necessário para o Grab se fortalecer no mercado asiático.

Além disso, a Alibaba investir no Grab é uma resposta clara para a Tencent, outra gigante chinesa. A Tencent investiu no Go-Jek, o que pode ter estimulado o Alibaba a também entrar no segmento de aplicativos por mobilidade.

Hoje, a China concentra algumas das maiores empresas do mundo – como a própria Tencent e Alibaba -, que já estão competindo diretamente com gigantes dos Estados Unidos. Conheça o ecossistema empreendedor e de startups do maior mercado do mundo em nosso e-book gratuito.

[php snippet=5]