Alibaba planeja investir no Grab, concorrente da Uber na Ásia

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

5 de abril de 2018 às 12:29 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Grab, um dos maiores concorrentes da Uber na Ásia, recentemente comprou a atuação da empresa no Sudeste Asiático – em troca, a Uber adquiriu 27,5% do Grab. Agora, o Grab poderá passar por mais uma grande mudança: um investimento pelo Alibaba.

O Alibaba é a maior rede de e-commerce da China e agora está planejando investir no setor de mobilidade. Fontes informaram ao TechCrunch que a gigante chinesa está nos estágios iniciais para um investimento no Grab, avaliada em US$ 6 bilhões por investidores em 2017.

Em junho de 2017, também havia rumores de que o Alibaba investiria no Grab, mas o negócio não se concretizou até então. É uma boa hora para o Grab receber o investimento, já que o Go-Jek, rival da Indonésia, está se expandindo no mercado regional asiático. O aporte poderá dar o fôlego necessário para o Grab se fortalecer no mercado asiático.

Além disso, a Alibaba investir no Grab é uma resposta clara para a Tencent, outra gigante chinesa. A Tencent investiu no Go-Jek, o que pode ter estimulado o Alibaba a também entrar no segmento de aplicativos por mobilidade.

Hoje, a China concentra algumas das maiores empresas do mundo – como a própria Tencent e Alibaba -, que já estão competindo diretamente com gigantes dos Estados Unidos. Conheça o ecossistema empreendedor e de startups do maior mercado do mundo em nosso e-book gratuito.

[php snippet=5]