6 empresas que estão trocando mão de obra humana por robôs

Avatar

Por Lucas Bicudo

26 de fevereiro de 2016 às 19:19 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Cada vez mais, as companhias tem optado pelo uso de robôs no lugar de material humano, a fim de aumentar a produtividade e cortar custos. Não se trata de uma atividade recente, já que esse processo remete ao início lá da Revolução Industrial, mas o que vemos nos últimos anos é um acréscimo considerável no número de máquinas que estão tomando o lugar de humanos em setores de serviços.

Ainda mais no que diz respeito ao mundo totalmente globalizado em que vivemos hoje. Robôs podem identificar exatamente onde estão determinados produtos em gigantescos armazéns, entregar dados estatísticos em um período crucialmente mais curto de tempo e até falar em diversas línguas.

O site TechInsider fez uma lista com 7 companhias que já adotaram os bots em sua equipe e que evidenciam que o futuro chegou. Dá uma conferida:

1 – O robô agricultor da Spread consegue coletar 30 mil pés de alface todos os dias

A Spread, produtora de alfaces japonesa, abrirá a primeira fazenda do mundo a ser gerida inteiramente por robôs, em Kyoto, no Japão. Sua produção está estimada em aproximadamente 30 mil pés de alface por dia.

“O uso da tecnologia tem levado a agricultura a outros patamares, ao longo de toda a história da humanidade”, diz J.J Price, encarregado pela comunicação da empresa japonesa. “Agora nós somos capazes de criar o ambiente perfeito para todos os tipos de colheitas”.

2 – Os robôs de armazém da Zara e Bonobos são capazes de localizar, empacotar e enviar produtos com extrema precisão

Muitos varejistas online já usam robôs, ao lado de humanos, para processarem pedidos e fecharem negócios. Assim que alguém pede alguma coisa, esses bots sabem exatamente onde irem para aumentarem a produtividade da empresa, em um espaço mais curto de tempo. A expectativa é que com a total automação do setor, os negócios sejam impulsionados quase que em 800%.

3 – Os oshbots da Lowes ajudam os clientes a acharem qualquer coisa no inventório da loja

O novo robô de quase 1,5 m de altura, da Lowes, é capaz de falar sete línguas diferentes e informar a localização exata de quaisquer produtos constados no inventário da Orchard Supply Hardware Warehouse. Selecione o que você quiser, em sua tela touchscreen, e apenas siga o oshbot até o encontro do produto ou serviço solicitado.

4 – O robô Chloe, da Best Buy, traz para você discos, filmes e games para testes nos famosos quiosques da loja

Está passando um tempinho na Best Buy de Manhattan e quer testar novos discos, filmes ou games em um de seus quiosques? Agora existe um robô, ali por detrás, capaz de pegar qualquer título que você desejar, em menos de 30 segundos. Elimina completamente a necessidade de ficar vasculhando por cada item nas longas prateleiras da loja.

5 – Os robôs mordomos da Yotel, que limpam os quartos e tomam conta das malas de seus clientes

Esses modelos de bots estão prestes a facilitar toda a experiência de estadia em hotéis. Ao chegar para hospedar-se, não se preocupe com suas bagagens, pois um deles irá tomar conta delas, as levará para o seu quarto e tomará conta para que tudo esteja impecável em sua chegada.

6 – Os robôs sapateiros da Adidas, capazes de produzirem pares e pares de tênis sem nenhum descanso

Conhecidos como Speedfactories, esses robôs serão capazes de produzir grande parte das linhas de tênis da Adidas. A expectativa é que 500 pares já sejam produzidos este ano, ainda com auxílio humano, mas a companhia relatou já estar confiante com a completa automação do setor.

Agora assista: