A Amazon está levando a Alexa para TODOS os lugares - inclusive seu carro

A gigante do varejo está levando sua assistente pessoal que utiliza comandos de voz até para os carros e eletrodomésticos, como micro-ondas

0
shares

A Amazon realizou, na quinta-feira (21), um evento privado para realizar o lançamento de novos produtos. O evento trouxe principalmente novidades no setor de hardware, com a apresentação de vários produtos que contém ou podem ser conectados à Alexa, sua assistente pessoal baseada em inteligência artificial.

No evento, a Amazon anunciou a chegada de novos Echos, aparelhos usados para se conectar com a Alexa. Entre eles, estão um Echo sem autofalante e outro com autofalante mais potente, o que demonstra que a varejista deseja agradar todos os públicos. Hoje, um dos principais usos para a assistente virtual da Amazon é, justamente, ouvir música – e o usuário utiliza comandos de voz para ligar a aplicação, pedir pela música desejada, aumentar o volume, entre outros.

Mas as novidades não param por aí: além de trazer novos aparelhos para a Alexa, a varejista está levando-a para todos os lugares. Você já pensou em uma das principais situações em que poderia contar com o auxílio de comandos por voz? Se pensou no carro, ao dirigir, saiba que a Amazon também pensou nisso e lançou o Echo Auto.

O Echo Auto

A varejista vem trabalhando em parceria com algumas montadoras, como a Toyota, Ford, Lexus, BMW e Audi para trazer sua assistente pessoal aos veículos. O Echo Auto se conecta ao sistema de informações do carro, trazendo autonomia para os motoristas a darem comandos de voz para funções nativas do carro, diminuindo a necessidade de tirar as mãos do volante.

Além de pedir para realizar funções básicas do carro – como, novamente, pedir para tocar música -, os motoristas poderão pedir por informações sobre o trânsito, realizar trajetos a partir do Waze ou Google Maps, adicionar produtos em lista de compras, entre outros. O Echo Auto também poderá se integrar a outros produtos da Amazon, o que torna a experiência mais completa se o motorista também tiver um aparelho dentro de casa.

Micro-ondas que atende comando de voz?

A Amazon também lançou um micro-ondas, afirmando, no evento, que os aparelhos “ainda estão presos no final dos anos 70”. O micro-ondas AmazonBasic, o primeiro eletrodoméstico da empresa, possui wi-fi, por onde se conecta com Echos e outros aparelhos com Alexa, e atende aos comandos de voz dados a estes aparelhos. Agora, será possível pedir que o aparelho cozinhe ou esquente refeições com comando de voz.

Em uma demonstração no evento, um executivo da empresa pediu para que a Alexa cozinhasse uma batata colocando o alimento dentro do micro-ondas e dizendo “Alexa, uma batata”. O próprio aparelho já configurou um tempo pré-existente e começou a funcionar. Ainda é possível pedir, também por comando de voz, que o aparelho “adicione mais segundos” ou pare completamente de esquentar o alimento. O produto será vendido por US$ 50 dólares e os early adopters poderão testá-lo ainda este ano, com um desconto de US$ 25.

O relógio de parede da Amazon

Criar um micro-ondas conectado à internet e que atende comandos de voz não foi o suficiente para a varejista. A Amazon também lançou um relógio de parede, o Echo Wall Clock, que funciona de forma semelhante ao micro-ondas: é capaz de atender comandos de voz quando pareado a outro Amazon Echo.

Com o relógio de parede, os usuários podem pedir, por comando de voz, que a Alexa coloque alarmes ou timers – cada linha do relógio irá se aproximar e ser iluminada à medida que o tempo passa. No evento, a Amazon demonstrou que o relógio pode mostrar diversos timers de uma só vez, fazer a contagem regressiva para um evento, entre outros. O relógio é capaz de ajustar o horário automaticamente e possui bateria. O relógio será lançado neste ano, com o preço de US$ 29,99.

O futuro da varejista

Além dos produtos citados, a varejista – que se tornou a 2ª empresa de tecnologia com valuation de US$ 1 trilhão, atrás da Apple -, lançou uma campainha, um aparelho para gravar programas de TV, um plug de tomada e um amplificador. A Amazon, que começou como um e-commerce de livros, já vende eletrônicos, comida, roupas, têm o próprio serviço de nuvem e continua entrando em novos mercados - inclusive vendendo e criando os próprios eletrodomésticos para casas.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários

Mais em Tecnologia & Inovação