5 setores que urgentemente carecem de inovação e atenção dos empreendedores

Avatar

Por Lucas Bicudo

23 de junho de 2016 às 15:40 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Kickstarter surgiu sete anos atrás e ao longo de todo esse tempo já ajudou a financiar mais de 100 mil projetos. Talvez em outras circunstâncias, com a ausência da plataforma, bons desses projetos poderiam não ter nem saído do papel e continuado apenas como ideias na cabeça de seus fundadores.

Hoje, estamos diante de rodadas monolíticas de venture capital sendo colocado em startups. Embora a atividade tenha dado uma esfriada no quarto trimestre de 2015 – de US$ 20,3 bilhões no terceiro trimestre para US$ 11,4 bilhões – financiamento em VC ajudou startups a manterem-se privadas.

Mas, no fim das contas, estamos falando de startups de tecnologia, o que nos leva a uma grande questão: VC, crowdfunding e qualquer outro tipo de levantamento de recursos – eles estão sendo destinados realmente para o setor que mais sangra e carece desses bilhões?

Esse ano, empreendedores devem gastar mais tempo e energia inovando em setores que até então vinham sendo negligenciados em larga escala. Como resultado, eles não somente irão lucrar escaladamente, mas irão garantir que um valor social seja gerado para uma sociedade ainda toda remendada.

Confira 5 segmentos que urgentemente precisam de inovação em 2016:

Saúde

Não é uma surpresa que os custos da nossa saúde particular estejam beirando o inaceitável. Isso distancia a população de um dos setores mais arteriais de um país, já que o Estado não anda dando conta. Surge o discurso de que são despesas inviáveis e o resultado é que, ao longo do tempo, as pessoas adoecem e cada vez mais necessitam gastar para controlarem os efeitos colaterais de uma vida sem acompanhamento médico. O sistema atual de saúde falha com seus consumidores e carece disrupção urgente!

Educação

Todas as estatísticas jogam contra você nesse setor. A começar pela idade em que são impostas essas decisões, tão cruciais para o futuro de uma pessoa. Se não existe uma estrutura familiar sólida que pode dar todo o suporte nessa questão, a tendência é que estudantes acabem se afogando em longos empréstimos e contas para pagar. O sistema educacional, em um termo geral, opera em um currículo ultrapassado, embora há esforços por todos os cantos com alternativas. Mais soluções acessíveis precisam aparecer para preparar um jovem para o mercado de trabalho. Mesmo que instituições de nome como Harvard, MIT e Cásper Líbero ofereçam cursos online, está ainda muito intrínseco na cabeça da sociedade a ideia de um diploma físico. Para a mudança acontecer, nós precisamos urgentemente de uma remodelagem do sistema educacional e pessoas que saibam conduzir uma democratização maior.

Manufatura

Nossa fome por novos gadgets tecnológicos está rapidamente destruindo a Terra. Ironicamente, nós pagamos um custo social muito caro por eletrônicos à preço de pão na fila do mercado. Marcas e manufaturas precisam desenvolver novos jeitos de processarem matérias-primas e produzirem consumíveis para que as gerações futuras não sejam deixadas ao relento de um terreno baldio tóxico causado por ambição.

Mercado Imobiliário

Quer maior exemplo do que o que aconteceu com os Estados Unidos e consequentemente o mundo inteiro na crise imobiliária de 2006? Continuamos em um processo de crescimento demográfico impressionante, portanto empreendedores precisam entender que capitalizar uma alternativa para o mercado imobiliário, hoje, é uma das coisas mais importantes. Uma economia se reerguendo a passos curtos, com a demanda viva de pessoas nascendo e precisando de moradia a todo momento, é realmente sinal da necessidade de disrupção. Devemos reestruturar e democratizar nossa ideia de propriedade.

Conceito de transporte particular

Programas de compartilhamento de bicicletas são opções ambientalmente amigáveis e ótimas para o turismo local de uma cidade. Claro que o modelo ainda está longe de ser totalmente adotado pelas pessoas, uma vez que as cidades ainda estão moldadas para os veículos particulares, mas já surge como uma bela alternativa para uma das carências mais latentes da sociedade: a do transporte particular. A Tesla é uma empresa que merece notoriedade nesses esforços.

(via Entrepreneur)

Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]