Amazon pode estar construindo robôs domésticos (com lançamento em 2019!)

Segundo fontes próximas, a Amazon planeja testar o dispositivo nas casa dos funcionários até o final desse ano e lançá-lo em 2019

0
shares

Após o sucesso do Kindle e do Echo, a Amazon supostamente está trabalhando em uma outra grande aposta: robôs domésticos. Com o codinome “Vesta”, em homenagem à deusa romana do lar, o projeto é supervisionado por Gregg Zehr, que dirige a divisão de pesquisa e desenvolvimento da Amazon, o Lab126. Foi esse mesmo centro de pesquisa que, há um tempo atrás, desenvolveu o Echo - smart speaker com a inteligência artificial Alexa - e outros dispositivos Fire.

Ainda não está claro quais tarefas o robô da Amazon pode executar. Segundo pessoas próximas ao projeto, o robô Vesta poderia ser uma espécie de Alexa móvel, acompanhando as pessoas em partes da casa onde não há dispositivos Echo. Isso porque os protótipos dos robôs possuem câmeras avançadas e software de visão computacional e podem navegar por casas como um carro autônomo. Ainda segundo a fonte, quem está liderando o trabalho de visão computacional é o ex-executivo da Apple, Max Paley.

Segundo pessoas próximas ao projeto, a Amazon planeja testar o dispositivo nas casa dos funcionários até o final desse ano e, provavelmente, lançá-lo para os consumidores no começo de 2019.

De acordo com a Bloomberg, o projeto Vesta se originou há alguns anos, mas foi somente nesse ano que a Amazon começou a recrutar especialistas para o projeto. Atualmente, há vagas para “Engenheiro de Software, Robótica” e “Engenheiro de Sensores de Princípio” no Lab126, por exemplo. Apesar dos boatos, um porta-voz da Amazon disse que a empresa não comenta "rumores e especulações”.

De acordo com funcionários, o projeto Vesta é diferente dos robôs projetados pela Amazon Robotics, uma subsidiária da empresa, em Massachusetts e na Alemanha. A Amazon Robotics implanta robôs em armazéns da própria empresa para movimentar mercadorias e se originou da Kiva Systems, uma empresa que a Amazon adquiriu em 2012 por US $ 775 milhões.

A promessa de robôs domésticos que executam tarefas básicas tem atormentado a indústria de tecnologia por décadas. Desde de Nolan Bushnell, o fundador da Atari que criou o Topo Robot, até a Sony, que mais recentemente apresentou o cão robótico chamado Aibo, o mercado vem esperando uma proposta viável para os robôs domésticos.

Atualmente, com os avanços na tecnologia de visão computacional, câmeras, inteligência artificial e ativação de voz, a Amazon viu uma oportunidade de viabilizar seu robô e trazê-lo ao mercado. A varejista está atuando em dispositivos e tecnologia para casas há algum tempo, tendo adquirido a startup Ring em fevereiro deste ano.

A Ring é uma startup de campainhas e câmeras inteligentes, com objetivo de trazer mais segurança às casas. A aquisição, no valor de US$ 1 bilhão, foi a segunda maior compra da empresa. Com a aquisição e a construção do robô doméstico, a Amazon está conquistando um novo mercado que ainda está em formação e, assim, se mantendo ainda mais competitivo na Nova Economia. Conheça a Nova Economia em nosso e-book gratuito.

Se os testes forem bem sucedidos, de acordo com a Bloomberg, a gigante do varejo mostrou-se disposta a subsidiar parcialmente os custos de seus dispositivos para assinantes Prime. Além disso, segundo eles, isso tornaria o produto acessível para os consumidores tradicionais no futuro.

(Via Bloomberg)

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários