SpaceX realizou mais um lançamento histórico de foguete nesta terça-feira

Com o foguete, o primeiro carro foi enviado ao espaço: um Tesla Roadster, "dirigido" pelo manequim "Starman" - ao som de Life On Mars, de Bowie

0
shares

Já presenciamos voos de foguetes antes, mas eles são raros e ainda revolucionários. Um voo de foguete que leva o primeiro carro ao espaço, ao som de “Life On Mars” de David Bowie, é algo ainda mais histórico. Foi o que aconteceu nessa terça-feira, fruto do lançamento do Falcon Heavy, da SpaceX. O foguete levou um Tesla Roadster vermelho ao espaço, “dirigido” por um manequim. A escolha pelo carro é óbvia por um motivo: Elon Musk é CEO das duas companhias.

O Falcon Heavy é o foguete mais poderoso já construído pela empresa de Elon Musk e faz parte da iniciativa de tornar os voos mais baratos, reutilizando algumas peças. Além disso, o objetivo do voo era levar o primeiro carro ao espaço: um Tesla Roadster vermelho, carro produzido pela outra empresa que Musk comanda.

O Falcon Heavy teve o custo de US$ 90 milhões por lançamento, quantia baixa em comparação com os outros lançamentos de foguetes. Dessa vez, um manequim dirigia o Tesla, vestido com um traje espacial da Space X. O manequim está sendo chamado de "Starman" e a música que tocava era “Life On Mars”, de David Bowie – o que nos lembra o sonho de Musk de povoar marte.

A SpaceX não tinha planos de reaproveitar as peças do Falcon Heavy, mas o voo foi mais um teste para verificar se a reutilização de peças do foguete é realmente algo viável. O objetivo deu certo – parcialmente. Dois propulsores laterais do foguete retornaram, pousando perfeitamente de volta a Cabo Canaveral, na Flórida, onde foram lançados. Mas o terceiro estágio do foguete não pousou com sucesso e caiu no oceano Atlântico à quase 500 km por hora.

Após o lançamento, segundo o Business Insider, Musk afirmou que deseja uma nova corrida espacial. “Eu acho que isso abre um novo senso de possibilidade. Nós queremos uma nova corrida espacial. Corridas espaciais são excitantes”, disse.

A SpaceX está atingindo patamares que a NASA ainda não atingiu, realizando voos de foguetes com peças reutilizáveis. “Eu acho que encorajaremos outras empresas e países a dizerem ‘Ei, se a SpaceX, que é uma empresa comercial pode fazer isso, e ninguém pagou pelo Falcon Heavy, foi pago com fundos internos, então também podemos fazer isso’”, disse o empreendedor a jornalistas em uma coletiva de imprensa após o lançamento.

Musk ainda contou que, na SpaceX, o Falcon Heavy quase foi cancelado três vezes por ser mais difícil do que previram. Mas o esforço valeu a pena: na coletiva, o empreendedor disse que o foguete pode levar coisas – como grandes satélites - direto para Plutão e além, sem necessidade de paradas.

“O foguete pode fazer qualquer coisa que quisermos”, disse Musk. “Você pode enviar pessoas de volta para a Lua se fizer alguns lançamentos com o Falcon Heavy e fizesse um reabastecimento em órbita”.

O primeiro carro enviado ao espaço foi um carro elétrico e com nível de autonomia, desenvolvido no Vale do Silício. Para conhecer outras novidades de um dos ecossistemas mais inovadores do mundo, participe da Silicon Valley Conference.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários

Mais em Tecnologia & Inovação