Aplicativos facilitam escolha entre milhares de investimentos

Renda Fixa e Yubb apresentam de forma simples milhares de opções de investimentos disponíveis no mercado brasileiro

0
shares

Os brasileiros estão mais interessados em investir o seu dinheiro fora da tradicional poupança. Enquanto no último ano houve mais retiradas do que depósitos em poupança, o Tesouro Direto teve crescimento de 73,9% em doze meses, até agosto. Em julho o Tesouro atingiu um recorde com 1,5 milhão de investidores cadastrados.

Os investimentos em ações também aumentaram nos últimos dois anos. Este ano, até agosto, aproximadamente 594 mil pessoas são investidores (pessoa física) cadastrados na Bolsa de Valores de São Paulo. O número é 5,3% maior do que no ano passado e 6,6% maior em relação a 2015.

Mas sair da poupança não é tão simples, considerando que há milhares de opções de investimento no mercado brasileiro. Aproveitando a alta, novas startups oferecem uma forma simplificada para o cliente escolher onde aplicar o seu dinheiro. Assim foram desenvolvidos aplicativos como o Renda Fixa e o Yubb.

Com eles, o cliente não precisa mais pesquisar em várias corretoras ou bancos as aplicações oferecidas, além de informações como prazo e rentabilidade. Ele pode ter tudo isso em um só lugar.

O Renda Fixa apresenta mais de 1.400 ativos de renda fixa, de 22 instituições. O Yubb também oferece mais de mil opções de investimentos entre renda fixa, renda variável e fundos de investimento, buscados em 274 instituições financeiras.

 

Conheça os ativos disponíveis em cada aplicativo:

 

Opções de investimento
Renda FixaTesouro direto, CDB, RDB, LCI, LCA, LC, LF, Debêntures, CRI, CRA, DPGE, FIDC
YubbTesouro Direto, CDB, RDB, LCI, LCA, LC, LF, LH, robôs de investimento e fundos de investimento (Multimercado, Ações e DI)

Os dois aplicativos têm mais de 60 mil usuários ativos por mês. “No último ano nossa plataforma triplicou em número de usuários ativos”, informou o CEO da Renda Fixa, Francis Wagner.

Também no último ano o Yubb cresceu uma média mensal de 20% ao mês - “em alguns meses, chegamos a crescer mais de 60%”, disse Bernardo Pascowitch, CEO da fintech.

Os aplicativos não cobram dos clientes pelo serviço. “Nossa monetização é feita por meio de publicidade e serviços que prestamos para as instituições parceiras”, explicou Francis.

Usando o Renda Fixa, o usuário consegue abrir uma conta e investir diretamente pelo aplicativo. Uma das apostas do fundador para atrair clientes é fornecer conteúdo. “Este mês fechamos parceria com o André Bona do Blog de Valor que é um dos maiores influenciadores de investimentos e finanças do Brasil e trará conteúdos exclusivos para nossos usuários”, finalizou.

Já Yubb está com uma rodada de captação de recursos para acelerar a operação e crescimento, e tem sua monetização com venda de ‘leads’ para instituições financeiras. “A nossa visão é a de que o buscador de investimentos do Yubb precisa ser totalmente gratuito para permitir que as pessoas possam encontrar opções para aplicar melhor seu dinheiro e rentabilizar seu patrimônio. Somente assim as pessoas alcançarão a estabilidade financeira,” contou Bernardo.

O fundador do Yubb explica que o cliente não faz as transações pelo aplicativo para manter a isenção. “Assim como no Buscapé, nós não fazemos transações (no nosso caso, não fazemos corretagem). Então, o dinheiro não passa pelo Yubb: o usuário encontra um investimento e, caso queira concretizar aquele investimento, é redirecionado para a página de um banco, corretora, gestora, financeira ou outra empresa de investimento. Nós também não fazemos consultoria ou indicação de investimentos. Nossa proposta é mostrar o que existe para investir de forma muito imparcial e isenta.”

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Também é colaboradora do blog Dinheiro pra Viver.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Comentários