Amazon fecha negócio com a Whole Foods - o que pode vir em seguida

Negócio inicia um novo capítulo não só para esses dois players, mas como para todo o setor de varejo

0
shares

Hoje foi fechado o negócio bilionário entre Amazon e Whole Foods, iniciando um novo capítulo não só para esses dois players, mas como para todo o setor de varejo.

As empresas, que delinearam seus planos em um comunicado conjunto na semana passada, não desperdiçam tempo fazendo mudanças que afetarão seus clientes. A partir de hoje, a Whole Foods oferecerá preços mais baixos em uma variedade de produtos e a Amazon vai começar a atualizar os sistemas de pontos de venda para oferecer aos seus principais membros economias especiais e benefícios na loja.

Os mantimentos da Whole Foods estarão disponíveis para entrega através do Amazon Fresh, Prime Now e outros programas da Amazon. Enquanto isso, o Amazon Lockers estará disponível em algumas lojas Whole Foods para clientes que adquirirem ou retornarem pedidos do Amazon.com. Cerca de 90% dos assinantes Prime nos Estados Unidos vivem dentro de um raio de 20 km de uma das lojas da Whole Foods.

O potencial da parceria vai além. A Amazon pode usar o histórico de compras do cliente Whole Foods para permitir que a Alexa os solicite para comprar certos produtos, essencialmente criando uma versão mais inteligente do botão Amazon Dash, para promover mais lealdade à Whole Foods.

Não deixe de conferir: no dia 21 de setembro, em São Paulo, acontecerá a AgroTech Conference, maior conferência sobre agronegócios do Brasil. Clique no link e não deixe de participar.

Com o tempo, esses movimentos poderiam ter ramificações além das empresas e seus clientes, começando com concorrentes diretos no setor de varejo de supermercado. A combinação das lojas Whole Foods e das operações de supermercado online da Amazon se tornará o quinto maior varejista de supermercado dos EUA hoje. A Cowen & Co. espera que ele se torne o terceiro até 2021.

Os preços de ações das cadeias de supermercados caíram quando a Amazon anunciou a aquisição da Whole Foods em junho. Enquanto alguns se recuperaram posteriormente, a maioria desceu novamente depois que os acionistas da Whole Foods aprovaram o acordo e a FTC permitiu que ele prosseguisse. Walmart, Target, Costco, Kroger e SuperValue caíram entre 2% e 8% na última quinta-feira.

A Amazon "pode ​​ter disparado claramente na batalha de preços, já que seus produtos básicos são de marcas próprias, o que oferece flexibilidade significativa", escreveu Ed Yruma, do KeyBanc.

Economistas acreditam que a Amazon e outras empresas de e-commerce, com preços baixos, contribuíram para diminuir a inflação nos EUA ao longo da última década. A inflação dos preços dos alimentos superou a inflação geral do país, conforme monitorado pelo Índice de Preços ao Consumidor.

Por sua vez, Charles Evans, presidente da Federal Reserve Bank of Chicago, disse que a aquisição poderia pesar mais sobre a inflação geral. "Para mim, parece que a tecnologia continua em movimento, é disruptiva e está aparecendo em lugares que ninguém havia pensado quando foi anunciado o negócio".

Finalmente, a combinação da Amazon e Whole Foods, pelo menos por um tempo, tornará a saúde financeira da Amazon ainda menos opaca do que já é. A Amazon é conhecida por reter métricas que podem mostrar o quão bem as suas operações estão ind -, e Wall Street estará procurando por evidências de que a empresa está cumprindo seus votos para melhorar as margens das lojas Whole Foods ao longo do tempo.

À medida que a Amazon investe em tecnologia e reconfigura a equipe para tornar Whole Foods mais eficiente, as margens operacionais podem ser empurradas para baixo inicialmente. Mas essa reestruturação provavelmente fará com que eles se expandam a longo prazo, assumindo que a Whole Foods é capaz de atrair mais clientes com seus preços mais baixos.

(via Venture Beat)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários