Start Jerusalém 2018 busca startups para imersão em Israel

Empresas podem inscrever soluções voltadas à medicina digital e biotecnologia até o dia 6 de outubro

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

25 de setembro de 2018 às 09:01 - Atualizado há 1 ano

Start Jerusalém

Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo e o desenvolvimento de novas tecnologias, o Ministério das Relações Exteriores de Israel junto à Autoridade de Desenvolvimento de Jerusalém, à Prefeitura de Jerusalém, à Siftech e à Universidade Hebraica de Jerusalém lançou a edição 2018 do Start Jerusalém.

O concurso, em parceria com algumas organizações como JVP e OurCroud, promove a competição de startups em 30 países, de forma simultânea,  pela oportunidade de participar de uma experiência de cinco dias no ecossistema de startups de Israel, durante um seminário especialmente projetado para empreendedores.

“A ideia é que um empreendedor de cada país conheça Israel para fazer parte de uma intensa semana, conhecendo líderes da área de tecnologia e empresas, participando de palestras e outras atividades. Queremos que eles consigam internacionalizar essas ideias e soluções”, ressalta Patrick Lambert, assessor político e acadêmico do Consulado geral de Israel, um dos idealizadores do concurso no Brasil. 

Neste ano, as startups podem apresentar soluções voltadas para a área de medicina digital e biotecnologia. Até o dia 6 de outubro, os empreendedores podem se inscrever preenchendo um formulário e enviando um vídeo em inglês de até dois minutos explicando sua ideia. 

Uma banca de avaliadores escolherá entre três e cinco finalistas para fazer parte do evento final da competição, no dia 16 de outubro, em São Paulo. Lá, acontecerá o Pitch Day e será escolhido o vencedor do concurso no Brasil. “Os vencedores poderão explorar Israel e conhecer empresas de um ecossistema extremamente inovador e com muitas conexões”, explica Lambert. Para saber mais sobre o Start Jerusalém e fazer sua inscrição, acesse o site!  

Um convite

Israel já se consolidou como um dos mais maduros ecossistemas de inovação e empreendedorismo do mundo. O país tem mais startups, cientistas, capital de VCs, engenheiros, patentes médicas, taxa de gasto em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e profissionais em tecnologia do que qualquer país do mundo em termos per capita. Por isso, se tornou um destino muito procurado pelos empreendedores.

Você também pode conhecer a Startup Nation com a nossa missão Israel. Durante uma semana de imersão, os participantes visitam empresas, participam de palestras e abrem a mente para pensar diferente! Para saber mais, acesse o site!