Japoneses agora poderão pagar café no Starbucks com uma caneta

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

18 de setembro de 2019 às 16:36 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Os clientes do Starbucks no Japão agora possuem uma nova forma de pagamento: uma caneta. A empresa lançou a “The Pen”, um dispositivo com a tecnologia de NFC, de pagamento por aproximação.

A caneta é vinculada a uma carteira digital do cliente, que poderá realizar pagamentos apenas encostando-a em um validador. Enquanto no Brasil os pagamentos com NFC através de cartões, smartphones, relógios inteligentes começam a ser implantados, em outros locais, em que a tecnologia está mais avançada, a tendência é de diminuir a dependência desses dispositivos – a exemplo da utilização das canetas.

A “The Pen” foi criada inspirada em uma máquina de café e possui apenas uma cor de tinta: “marrom café”. O produto está disponível em três cores – prata, branco e preto – e é vendido por US$ 37.

Mas antes mesmo das canetas, em julho deste ano, o Starbucks do Japão lançou bolsas com pagamento NFC. Chamadas de “The Hug”, elas são pequenas como porta-moedas, mas também trazem a forma inovadora de pagar. Elas foram vendidas de forma limitada.