SpaceX planeja realizar empréstimo de US$ 500 milhões para financiar operações

Empresa espacial de Elon Musk estaria levantando o empréstimo com o auxílio da Goldman Sachs para financiar operações durante alguns anos, com o objetivo de chegar em Marte

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

26 de outubro de 2018 às 08:36 - Atualizado há 1 ano

A SpaceX, empresa espacial comandada por Elon Musk, busca levantar US$ 500 milhões em empréstimo, de acordo com a Bloomberg. A companhia estaria trabalhando com o banco Goldman Sachs para realizar o empreendimento. O empréstimo seria uma forma para a SpaceX ter fundos para continuar investindo em viagens espaciais mais baratas – devido a reutilização de peças –, até chegar em Marte. Um dos objetivos de Musk com a SpaceX é de colonizar o “planeta vermelho”, que possui características mais próximas a Terra e, por tanto, mais chances de sobrevivência humana.

O empréstimo é uma forma de injetar capital na empresa de uma forma privada, confiando no retorno financeiro para sanar a dívida posteriormente. A SpaceX não é a única companhia que está recorrendo a esse formato: recentemente, a Netflix anunciou que planeja levantar US$ 2 bilhões da mesma forma, sendo a terceira vez que realiza esse movimento em menos de um ano.

Um ponto que pode facilitar a aquisição dos empréstimos pela SpaceX é seu futuro promissor. Em setembro, a companhia anunciou o primeiro turista lunar – ou seja, o primeiro homem não-astronauta que irá até a órbita da Lua. O chinês Yusaku Maesawa foi o bilionário escolhido e deve levar de 6 a 8 artistas consigo, para inspirar na criação de obras de acordo com as experiências ao viajar para a órbita lunar. A última rodada de investimentos da SpaceX foi em abril deste ano, em que recebeu US$ 507 milhões. Com o aporte, a empresa espacial atingiu o valuation de US$ 26 bilhões.