Softbank pode dobrar participação no Banco Inter

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

16 de setembro de 2019 às 11:44 - Atualizado há 2 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Softbank, um dos maiores grupos investidores do mundo, comprou 8,1% em ações do Banco Inter em julho. Agora, de acordo com a Bloomberg, o fundo de investimentos japonês avalia dobrar a sua participação.

As ações adquiridas serão de membros de famílias que controlam o banco. O Inter possui uma oferta de serviços digitais e gratuitos como estratégia. Fundado em 1994, a instituição financeira era chamada de “Banco Intermedium”. A remodelação de marca aconteceu em 2017.

O Banco Inter foi criado pela MRV Engenharia e possui a família Menin como uma de suas principais acionistas. João Vitor Menin é o CEO e detém 5,4% do capital total.

Esse é apenas um dos investimentos do Softbank em empresas brasileiras neste ano. Além do Banco Inter, o grupo japonês realizou aportes na Creditas, Volanty, Gympass, QuintoAndar e Loggi. O investidor ainda criou o Latin America Fund (antes chamado de “Innovation Fund”), fundo específico para startups da América Latina.