Slack compra a startup Astro para e-mails, sua maior aquisição até o momento

Apesar do Slack e da Astro falarem abertamente sobre a aquisição, os detalhes da compra não foram divulgados

Avatar

Por Isabella Câmara

24 de setembro de 2018 às 16:32 - Atualizado há 1 ano

Nesta segunda-feira (24), o Slack, um aplicativo desenvolvido para o mundo corporativo, anunciou que comprou a Astro, uma startup de mensagens que utiliza inteligência artificial para extrair informações importantes de e-mails e calendários. Recentemente, o Slack já tinha chamado a atenção do mercado ao levantar US$ 427 milhões em uma rodada de investimento, que o avaliou em mais de US$ 7,1 bilhões.

A nova plataforma adquirida pelo Slack se integrava ao Office 365 e ao Gmail e oferecia um conjunto padrão de recursos, incluindo lembretes e uma caixa de entrada prioritária. Mas o que mais chamava a atenção era seu Astrobot, um robô que fazia recomendações aos usuários, como se oferecer para arquivar e-mails que são ignorados ou até mesmo lembrar as pessoas de acompanhar contatos específicos. Agora, após a aquisição do Slack, o plug-in poderá verificar as informações do e-mail diretamente do aplicativo.

Segundo a startup, sua equipe de 28 pessoas, que hoje está em Palo Alto, se juntará ao Slack ainda este ano. Em um post no seu próprio site, a Astro informou que planeja cancelar seus aplicativos para Mac, iOS, Android e Amazon Alexa no começo do mês de outubro.

“O Slack é o criador do aplicativo corporativo que mais cresce na história, e nós estamos nos unindo a eles para ajudar a conectar e-mail e calendário a todas as equipes de trabalho”, disse Andy Pflaum, CEO da startup. “Quando descobrimos como reunir mensagens, e-mail e calendário, ficou evidente que teríamos o maior impacto nas empresas e percebemos nossa visão original ao nos juntarmos ao Slack”.

Os objetivos da aquisição

Segundo o aplicativo, um dos objetivos de adquirir a startup é tornar o Slack mais simples e poderoso. “Nosso objetivo é fazer com que seja o mais fácil possível ajudar as equipes a tornarem suas conversas mais produtivas, em um canal, junto com um contexto relevante e as ferramentas de software usadas no mundo corporativos”, disse a empresa em um comunicado.

“Considerando que no ano passado nós precisávamos fazer com que mais pessoas pudessem usar o Slack, agora estamos começando a tomar medidas para expandir o que o Slack é”, disse April Underwood, Diretor de produtos do do aplicativo, sobre a compra.

A aquisição da Astro acontece pouco menos de dois meses depois que o Slack comprou o Hipchat e a Stride, dois aplicativos de que aumentam a produtividade do fluxo de trabalho e foram projetados para grandes empresas. Como parte de uma parceria estratégica, o aplicativo concordou em pagar uma quantia não revelada nos próximos três anos pela propriedade intelectual da Hipchat e Stride.

Apesar dessas outras aquisições, é a compra da Astro que deixa o Slack mais perto de seu objetivo: se tornar uma espécie de escritório virtual de uma equipe. Agora, com a ajuda da Astro, o Slack trará essas duas novas funcionalidades ao aplicativo, evitará que seus usuários fique abrindo e fechando abas durante o dia de trabalho e reunirá tudo o que as pessoas precisam em um só lugar.

O Slack CONTINUA em sua busca incansável para mudar o Futuro do Trabalho, digitalizando as interações humanas! Vamos falar disso em um evento exclusivo em São Paulo, dê uma olhada!