Santo lucro, Mark: Instagram tem valuation de US$ 100 bilhões

Da Redação

Por Da Redação

26 de junho de 2018 às 09:27 - Atualizado há 2 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

“Loucura”, “Insano”, “Não tem como valer isso”. Essa foi a reação da imprensa na época que o Facebook comprou o Instagram por US$ 1 bilhão, lá em abril 2012. Na época, não acreditava-se que um aplicativo poderia valer tanto. Pouco mais de 6 anos depois, Mark Zuckerberg deve estar rindo dessas matérias: o valuation do Instagram explodiu dentro da empresa, alcançando US$ 100 bilhões. 100 vezes o valor da aquisição.

Aplicativo já tem uma base de usuários de 1 bilhão de pessoas. Nos próximos 5 anos, deverão ser 2 bilhões. A empresa está em franco crescimento e deverá ser responsável por cerca de 16% de todas as receitas do Facebook neste ano, contra 10,6% no ano passado. E a companhia continua crescendo nos principais mercados (como os Estados Unidos) e tem uma audiência muito mais jovem que o próprio Facebook.

A companhia também está tomando medidas para criar o IGTV, uma forma de atacar YouTube e Snapchat e crescer ainda mais. É mais uma aposta ousada de criar uma frente que poderá ser lucrativa em longo prazo (hoje, porém, o que importa ainda é o feed e os stories).

Em 2014, o Citigroup havia avaliado o Instagram e chegou ao valuation de US$ 35 bilhões. O crescimento é espetacular, com o Instagram ganhando ainda mais força dentro do Facebook após tentativas frustradas de aquisição do Snapchat – que terminaram com o Facebook decidindo copiar as principais características do Snap e atacá-lo frontalmente. Hoje, o Snap vale US$ 16 bilhões e está em crise, sem conseguir crescer.

Baixe já o aplicativo da StartSe
App StorePlay Store