Regulamentação do open banking no Brasil sairá em breve, segundo Banco Central

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

8 de outubro de 2019 às 18:19 - Atualizado há 1 ano

Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

O modelo brasileiro de open banking tem sido discutido há algum tempo pelo Banco Central. A chegada dele trará grandes mudanças para o mercado financeiro, com a integração entre os diversos agentes do setor, como bancos e fintechs. Segundo Otavio Damaso, diretor de regulação do Banco Central, a regulamentação a ser implementada no país deverá ser levada para audiência pública “em breve”. 

“O modelo brasileiro do open banking será bastante abrangente, similar ao inglês”, disse Damaso em uma palestra no seminário FintechView 2019, em São Paulo, conforme relatado pela Reuters. “O open banking tem potencial para fazer no sistema financeiro o que a internet fez para as comunicações”, acrescentou.

Leia mais: Você sabe o que é Open Banking?

De acordo com o veículo, o diretor ainda informou que até o final do ano o Banco Central também colocará em audiência pública normas sobre registro de duplicatas e regras para a ‘sandbox’, regulação mais flexível para que pequenas instituições financeiras possam testar novos produtos, serviços e modelos de negócio inovadores. Damaso disse esperar que, nos próximos meses, “várias novas fintechs” devem entrar no mercado brasileiro.

O que muda?

Com o open banking, os bancos passam a disponibilizar suas APIs (Application Programming Interface, ou Interface de programação de aplicações) para que outras empresas criem serviços integrados às instituições. Assim, o usuário pode ter uma experiência conectada, automaticamente, a diversos sistemas e soluções. A expectativa é de que o Brasil regulamente o tema até o ano que vem.

Enquanto isso, algumas iniciativas já estão sendo colocadas em prática. Em agosto deste ano, a fintech Guiabolso e o Banco Original realizaram a primeira integração via open banking no Brasil. Agora, o cliente colocará a senha eletrônica em um ambiente próprio do Banco Original e o Guiabolso não terá mais acesso direto aos dados.

Para saber mais sobre como o open banking mudará o sistema financeiro brasileiro, ouça o episódio do MVP, podcast da StartSe, com participação de Thiago Alvarez, fundador do Guiabolso. O episódio está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts