Plano de assinatura Amazon Prime chega ao Brasil por R$ 9,90 ao mês

João Ortega

Por João Ortega

10 de setembro de 2019 às 12:32 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Amazon lançou nesta terça-feira o plano de assinatura Amazon Prime no Brasil. O valor é de R$ 9,90 ao mês, com um período de testes gratuito de 30 dias – prática que virou tradição neste modelo de negócio digital. A assinatura dá direito a frete grátis nas compras no e-commerce da Amazon, além de acesso aos principais serviços de entretenimento da empresa norte-americana.

O frete gratuito vale para todas as cidades do Brasil e está disponível para centenas de milhares de produtos em 20 categorias. O prazo mínimo é de dois dias úteis, mas pode variar dependendo do local. Assinantes também recebem promoções exclusivas no e-commerce da Amazon.

Além dos benefícios na compra de produtos, a assinatura Amazon Prime dá acesso ao Prime Video e Prime Music. O primeiro, concorrente do Netflix, já estava disponível no Brasil e tinha uma assinatura de R$ 14,90, que será convertida ao plano completo e mais barato na próxima cobrança. O segundo, que rivaliza com Spotify e Deezer, tem um acervo de 2 milhões de músicas. Como base de comparação, o Spotify tem cerca de 50 milhões. No entanto, o serviço Amazon Music Unlimited, com bem mais conteúdo, não está incluso no pacote e requer uma assinatura diferenciada.

O Amazon Prime foi criado há 14 anos. Hoje, cerca de 100 milhões de pessoas em 18 países assinam o serviço. O preço nos EUA é de US$ 12,99 mensais, ou US$ 119 por ano. Isto indica que, provavelmente, o valor bem abaixo no Brasil é uma forma de atrair assinantes no início da operação e deve aumentar com o tempo.