Ocyan divulga pilotos contratados em seu programa de conexão com startups

As empresas selecionadas trabalharão com a Ocyan em projetos inovadores para otimizar processos internos por meio da tecnologia

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

30 de janeiro de 2020 às 22:25 - Atualizado há 3 semanas

Com o objetivo de se aproximar do ecossistema de inovação e encontrar soluções para diversos desafios, a Ocyan lançou o Ocyan Waves Challenge, programa de conexão com startups. Depois de reunir mais de 20 empresas em um pitch day e rodar um piloto com oito delas, a companhia anunciou as seis startups contratadas. 

Estas empresas selecionadas trabalharão com a Ocyan em projetos inovadores para otimizar processos internos por meio da tecnologia. Para Fernanda Brandão, coordenadora de inovação da companhia, a integração entre os setores da empresa foi fundamental para o sucesso do programa. “Fizemos um alinhamento com todas as áreas que teriam contato com o programa — desde supply chain, operações até jurídico”. 

A Confirm8 foi uma das seis startups contratadas. Criada em 2013, ela oferece um serviço que ajuda empresas e indústrias a automatizar a coleta e a validação dos dados de vistorias através de um aplicativo, com monitoramento e gestão das atividades. 

“No caso da Ocyan, o desafio inicial era otimizar o processo de inspeção de equipamentos, que era feito manualmente. Com um aplicativo, conseguimos automatizar essas etapas. O preenchimento agora é feito direto na plataforma, que gera um relatório técnico no fim do processo”, conta Otavio Yamanaka, co-fundador da Confirm8. Com a solução, o tempo de inspeção passou de 15 minutos para apenas um. 

Segundo o empreendedor, entender mais sobre processos e normas de uma grande empresa foi um dos maiores aprendizados do programa. “Rodamos o piloto em um navio de produção e armazenamento de petróleo e nos preparamos para levar a equipe para um ambiente offshore. No fim das contas, entendemos a importância desses processos e isso abriu nossa cabeça para lidar com outros parceiros”, ressalta Yamanaka.

Inteligência artificial para indústria

A startup Rio Analytics também teve seu piloto selecionado pela Ocyan. A empresa, fundada em 2017, é focada no desenvolvimento de aplicações de inteligência artificial para predição de falhas de ativos industriais. “Nosso grande objetivo é prever quando, por que e como um equipamento vai falhar. Para isso, usamos algoritmos de machine learning”, explica Victor Chaves, fundador da startup. Hoje, a Rio Analytics atua em três verticais: óleo e gás, mineração e energia. 

Participando do Ocyan Waves Challenge, a empresa pôde acompanhar de perto o funcionamento de uma sonda de perfuração e ganhar experiência na parte de engenharia e operações. “Passamos por um primeiro momento de identificação do problema, depois veio a prototipação da solução e o desenvolvimento desse protótipo”, conta Chaves. O próximo passo, segundo o empreendedor, é colocar em prática um projeto de longo prazo. “Estamos desenvolvendo uma solução para rodar em todas as sondas, em um modelo de negócio de Software as a Service (SaaS)”. 

Além da Confirm8 e da Rio Analytics, outras quatro startups tiveram seus pilotos selecionados: Socialbase, Smarti, Delfos e Checklist fácil. O Ocyan Waves Challenge iniciará seu segundo ciclo no início de abril, abrindo inscrições para startups com soluções para novos desafios internos, com foco em segurança, aumento de produtividade e redução de custo nas operações.