O que você precisa saber sobre inovação hoje – 27/02/2020

João Ortega

Por João Ortega

27 de fevereiro de 2020 às 18:36 - Atualizado há 6 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Reunimos, a seguir, as principais notícias relacionadas a inovação, tecnologia e empreendedorismo no Brasil e no mundo. O que você precisa saber para se manter informado nesta quinta-feira (27) é:

Startup Vai.Car recebe aporte de R$ 380 milhões

A startup de aluguel de carros Vai.Car anunciou nesta quarta-feira (26) que recebeu um aporte de R$ 380 milhões. O investimento, liderado pela XP Investimentos, será usado para aumentar a frota da empresa para 25 mil veículos nos próximos 18 meses. A startup surgiu nos EUA em 2017, mas tem três brasileiros entre os fundadores.

NotCo vai lançar hambúrguer à base de plantas no Brasil

A startup chilena NotCo, que tem Jeff Bezos como um dos investidores, vai lançar ainda este ano um hambúrguer à base de plantas no mercado brasileiro. O novidade foi lançada no país de origem nesta semana, por meio de parceria com a rede de fast-food Burger King. No Brasil, a empresa já comercializa maionese e iogurte de origem vegetal.

Loft cria marketplace de reformas de imóveis

A startup Loft, que se tornou unicórnio no início do ano, está criando um marketplace de reforma de imóveis. Até este lançamento, a empresa usava recursos próprios para compra e reforma dos imóveis. Agora, a startup espera escalar o negócio, ampliar a área de atuação e tornar-se mediadora das reformas.

CEO do Reddit diz que TikTok é ‘parasita’

Steve Huffman, CEO e cofundador do Reddit, afirmou durante evento nesta quarta-feira (26) que a rede social chinesa TikTok é “fundamentalmente parasita”. O executivo comparou o aplicativo a um “spyware”, programa que é instalado no dispositivo para espionar o usuário.

Huawei vai construir fábrica de € 200 milhões na França

A Huawei vai construir uma fábrica no valor inicial de € 200 milhões na França. O empreendimento, o primeiro da empresa chinesa em solo europeu, vai produzir equipamento de distribuição da rede 5G e criará, pelo menos, 500 empregos diretos. A expectativa é que a fábrica dê conta da demanda do continente toda por infraestrutura da rede de alta velocidade.