O que você precisa saber sobre inovação hoje – 20/03/2020

João Ortega

Por João Ortega

20 de março de 2020 às 17:30 - Atualizado há 6 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Reunimos, a seguir, as principais notícias relacionadas a inovação, tecnologia e empreendedorismo no Brasil e no mundo. O que você precisa saber para se manter informado nesta sexta-feira (20) é:

Supercomputador da IBM ajuda no combate ao coronavírus

O supercomputador Summit, da IBM, identificou 77 substâncias químicas que podem ser usadas para combater o novo coronavírus. O dispositivo tem capacidade de realizar um quintilhão de operações por segundo e usou essa capacidade de processamento para analisar uma base de dados de substâncias e descobrir quais podem se associar ao material genético do Covid-19.

E-commerce dispara 40%

Segundo dados de inteligência de e-commerce no Brasil, as vendas pela internet cresceram de 30 a 40% na primeira quinzena de março, comparado ao mesmo período do ano passado. Os produtos que dispararam em vendas foram aqueles ligados à proteção da saúde, em especial o álcool gel e, nos últimos dias, alimentos. Entre 2018 e 2019, o crescimento havia sido de 4%.

Baidu vai abrir centro de testes para carros autônomos

A Baidu, empresa de tecnologia da China, está construindo um centro de testes para veículos autônomos na cidade de Chongqing. O projeto, que custará mais de US$ 7 milhões, simulará um cenário de trânsito, com ruas e sinalizações de tráfego, além de sensores para acompanhar os testes.

Amazon e YouTube reduzem velocidade de streaming

Acompanhando a iniciativa da Netflix, a Amazon e o YouTube diminuíram a velocidade de streaming dos vídeos na União Europeia. O objetivo das plataformas é reduzir o consumo de internet para não sobrecarregar as redes da região enquanto a maioria das pessoas permanece trabalhando de casa em meio à pandemia do coronavírus.

Instagram prepara mensagens que se autodestroem

O Instagram está preparando uma nova ferramenta para a rede social: mensagens que se autodestroem. O recurso já existe para fotos e imagens e, em breve, chegará às mensagens de texto. O conteúdo programado para se destruir ficará aberto ao usuário que o recebe até que ele feche a aba de mensagens diretas do aplicativo.