O que você precisa saber sobre inovação hoje – 12/03/2020

João Ortega

Por João Ortega

12 de março de 2020 às 19:07 - Atualizado há 3 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Reunimos, a seguir, as principais notícias relacionadas a inovação, tecnologia e empreendedorismo no Brasil e no mundo. O que você precisa saber para se manter informado nesta quinta-feira (12) é:

Ambev proíbe WhatsApp para trabalho fora do expediente

A Ambev assinou um acordo que proíbe o envio de mensagens pelo WhatsApp, com temas ligados ao trabalho, fora do horário de expediente. A iniciativa, firmada com o Ministério Público do Trabalho, prevê multa de R$ 10 mil no caso de descumprimento. O objetivo é promover melhor convívio familiar e social dos colaboradores da empresa de bebidas.

Investimento em fintechs brasileiras triplicou em 2019

Um relatório divulgado pela Accenture, com base em dados da CB Insights, constatou que o investimento em fintechs brasileiras no ano passado aumentou quase três vezes em relação a 2018.  O valor somado dos aportes em startups com serviços financeiros em 2019 foi de US$ 1,6 bilhão. O país ocupa o quinto lugar entre os maiores centros de captação de fundos de fintechs do mundo.

Startup de realidade aumentada pode ser vendida por US$ 10 bilhões

A startup norte-americana Magic Leap, que fabrica óculos de realidade aumentada, pode ser vendida por US$ 10 bilhões. A empresa tem investidores como Alphabet (grupo que controla o Google) e a Alibaba. Além da venda total, a Magic Leap estuda a possibilidade de ceder parte da empresa e abrir capital na bolsa de valores.

TikTok vai abrir “centro de transparência” nos EUA

A ByteDance, empresa por trás do app TikTok, planeja abrir um escritório nos EUA com foco em transparência e moderação de conteúdo. O estabelecimento ficará em Los Angeles, na Califórnia, e tem como objetivo mostrar aos reguladores e especialistas norte-americanos como funciona o controle das postagens na rede social.

Twitter torna home office obrigatório mundialmente

O Twitter definiu que todos seus funcionários no mundo deverão trabalhar de casa. A medida visa diminuir risco de contágio por conta da pandemia do coronavírus. A empresa afirma que vai ajudar financeiramente funcionários que precisarem de ajuda para exercer suas funções fora do escritório.