Cientistas criam “neurônios artificiais” para tratar Alzheimer e outras doenças

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

9 de dezembro de 2019 às 11:48 - Atualizado há 8 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

No Reino Unido, cientistas criaram um chip com “neurônios artificiais” capazes de reparar danos causados pelo Alzheimer e outras doenças degenerativas. A solução foi desenvolvida na Universidade de Bath e os resultados publicados na revista Nature. De acordo com os pesquisadores, o chip consegue imitar as respostas dos neurônios biológicos quando ativados pelo sistema nervoso.

Em um primeiro momento, os cientistas entenderam como as células respondem ao receber sinais elétricos de nervos específicos. A partir disso, desenvolveram, com modelagem computacional, um chip de silício capaz de reproduzir as mesmas reações.

“Até agora, os neurônios eram como caixas pretas, mas agora conseguimos abri-las e espiar por dentro. Nosso trabalho está mudando de paradigma porque fornece um método robusto para reproduzir as propriedades elétricas de neurônios reais em mínimos detalhes” ressaltou Alain Nogaret, líder do projeto, em um comunicado.

Durante os testes, feitos em ratos, os cientistas conseguiram reproduzir sinais de neurônios respiratórios e do hipocampo — região do cérebro responsável pela formação e armazenamento de memórias. Futuramente, planejam usar o chip para tratamentos em humanos.

“Estamos desenvolvendo marcapassos inteligentes que não apenas estimulam o coração a bombear a um ritmo constante, mas usam esses neurônios para responder em tempo real às demandas impostas ao coração — o que acontece naturalmente em um coração saudável. Outras aplicações possíveis podem estar no tratamento de Alzheimer e outras doenças degenerativas neuronais de maneira mais geral”, afirmou Nogaret.

StartSe 2020

Além da saúde, as novas descobertas tecnológicas têm transformado outros setores como o de educação e o da construção. Venha participar da Edtech 2020 e conheça as empresas e tecnologias que estão reinventando o ensino de jovens e adultos. 

Já na Construtech 2020, você fica sabendo dos modelos de negócios, tecnologias e aplicações que estão remodelando a cadeia da construção, do canteiro de obra à decoração da moradia.