Nasa irá realizar viagens de turismo para a Estação Espacial Internacional

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

10 de junho de 2019 às 11:08 - Atualizado há 2 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Nasa anunciou, nesta sexta-feira (7), que permitirá o turismo na Estação Espacial Internacional (ISS), localizado na órbita da Terra. A expectativa é que a estadia dos hóspedes seja de cerca de um mês e custe cerca de US$ 35 mil por noite.

A primeira viagem pode ser realizada já em 2020. Os foguetes e cápsulas que serão usados no transporte estão sendo desenvolvidos pela Boeing e pela SpaceX (empresa espacial de Elon Musk).

A estimativa da Nasa é que o custo do voo até a Estação Espacial Internacional seja de US$ 50 milhões. O objetivo de realizar duas viagens com “hóspedes” por ano.

As viagens espaciais

As viagens espaciais são para poucos – e continuarão a ser por um bom tempo -, mas cada vez mais oportunidades estão surgindo. No ano passado, a Spacex revelou qual será o seu primeiro turista lunar: o bilionário Yusaku Maezawa.

Devido ao alto preço de pesquisa, viagens e equipamentos, o turismo está se tornando uma alternativa para auxiliar no financiamento das atividades das empresas espaciais. Elas possuem metas cada vez mais desafiadoras, como viajar e morar em Marte, no caso de Elon Musk – e ele até já estimou qual deve ser o preço.