Este museu vai ser inteiramente feito por robôs

João Ortega

Por João Ortega

6 de março de 2019 às 14:09 - Atualizado há 3 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Um museu dedicado à robótica em Seoul, capital da Coreia do Sul, será construído quase inteiramente por robôs. Segundo o escritório de arquitetura turco Melike Altinisik (MAA), a primeira “exibição” do museu será a sua própria obra, já que visitantes do novo bairro artístico da cidade poderão ver as máquinas inteligentes em ação desde o início da edificação.

Quer conhecer mais inovações em construção e arquitetura? Participe do Construtech Conference!

Primeiro, uma equipe de robôs moldará, a partir de um software de objetos 3D, as placas de metal que ficarão na estrutura do museu. Longos braços robóticos serão responsáveis por organizar as placas, soldá-las e realizar o polimento do material. A área ao redor do museu será formada por blocos de concreto feitos por impressoras 3D.

Além disso, parte da operação será realizada por drones. Os veículos aéreos não tripulados serão responsáveis por inspecionar a obra, fazer a segurança do local e levantar dados relativos à construção.

Quando finalizada a obra, o museu terá exposições relacionadas a outros temas além da robótica. Inteligência artificial, realidade virtual e aumentada e holografia serão alguns deles. Por isso, é esperado um acervo altamente interativo.

As obras têm previsão de início para o primeiro semestre do ano que vem. O término deve acontecer até o fim de 2022.

Veja também:

Robôs são aliados no combate ao câncer de pulmão

Samsung lança linha de robôs para tarefas domésticas

Tecnologia na educação: como robôs estão mudando o ensino no Recife