Microsoft anuncia parceria com Walgreens para transformar o setor de saúde

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

16 de janeiro de 2019 às 12:31 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Microsoft anunciou, nesta terça-feira (15), uma parceria com a Walgreens Boots Alliance. A holding americana possui a Walgreens, uma das maiores redes de farmácias dos Estados Unidos, a Boots e outras empresas do setor de saúde. O objetivo da iniciativa é unir a Microsoft Azure, plataforma de nuvem e inteligência artificial da Microsoft, com os investimentos de saúde e novas soluções da WBA.

As empresas pretendem, com ajuda de dados, criar novos modelos de prestação de cuidados e avançar em tecnologias que transformem o setor. “Por meio dessa parceria estratégica, as empresas fornecerão plataformas inovadoras que possibilitam redes de saúde de última geração, experiências digitais e físicas integradas e soluções de gerenciamento de atendimento”, disse a Microsoft em um comunicado.

Com a parceria, as companhias se comprometeram a investir em pesquisa e desenvolvimento para a criação de soluções com especialistas no assunto. Além disso, também planejam criar centros de inovação e até 12 espaços digitais em unidades da WBA, realizando a venda de dispositivos relacionados à assistência médica.

Com ajuda de tecnologias como internet das coisas e IA, elas também planejam criar aplicativos e soluções conectadas para gerenciamento de doenças crônicas.

“Nossa parceria estratégica com a Microsoft demonstra nosso forte compromisso com a criação de soluções de atendimento de saúde integradas, de última geração e digitalmente habilitadas para nossos clientes, transformando nossas lojas em destinos de saúde modernos e expandindo as ofertas dos clientes”, disse Stefano Pessina, vice-presidente executivo e diretor executivo da WBA.

Saúde conectada

As companhias também pretendem conectar as lojas da WBA com sistemas de informações de saúde. “Trabalhando com os profissionais de saúde dos pacientes, as empresas envolverão proativamente seus pacientes para melhorar a adesão à medicação, reduzir as visitas aos pronto-socorros e diminuir as readmissões hospitalares”, disse a Microsoft.

A maior parte da infraestrutura da WBA também será migrada para a Microsoft Azure. “A transição da WBA para a plataforma da Microsoft permitirá que a WBA acelere sua velocidade de mercado, ganhe mais compreensão e compreensão do cliente e, por fim, ofereça atendimento, produtos e serviços melhores e mais personalizados a seus clientes e comunidades”, afirmou a Microsoft.