Microsoft investirá US$ 40 milhões em inteligência artificial na saúde

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

29 de janeiro de 2020 às 17:45 - Atualizado há 9 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Microsoft está investindo em novos projetos na área da saúde. A companhia anunciou, nesta quarta-feira (29), que destinará US$ 40 milhões para capacitar pesquisadores e organizações para iniciativas que envolvam inteligência artificial no setor. O investimento será realizado por meio do AI for Good, projeto criado pela Microsoft para incentivar empresas e pessoas que trabalham para resolver problemas globais por meio da tecnologia. 

AI for Health se concentrará em três frentes: pesquisa médica para avanço na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças; aumento de pesquisas para proteção contra crises globais de saúde; e aumento do acesso à assistência médica para populações carentes. “Estamos ansiosos para trabalhar com pesquisadores, acadêmicos, organizações sem fins lucrativos, profissionais da indústria da saúde e formuladores de políticas em todo o mundo, à medida que aceleramos pesquisas e ideias”, afirmou Brad Smith, presidente da Microsoft, em um comunicado. 

Segundo o executivo, a AI for Health foi desenvolvida em colaboração com especialistas em saúde que estão conduzindo importantes iniciativas médicas. Além disso, o projeto será feito em parceria com diversas organizações, como Seattle Children’s Research Institute,  Fred Hutchinson Cancer Research Center, Intelligent Retinal Imaging Systems (IRIS) e Novartis Foundation.

“A AI for Health é uma iniciativa filantrópica que complementa nosso trabalho mais amplo no Microsoft Healthcare. Por meio do AI for Health, ofereceremos suporte a organizações sem fins lucrativos e colaboração acadêmica específicas com os principais cientistas de dados da Microsoft, acesso às melhores ferramentas de IA e computação em nuvem do mundo”. 

Além da área da saúde, a companhia já investiu em soluções para combater problemas climáticos, em projetos de acessibilidade e em organizações dedicadas a questões humanitárias e preservação de patrimônios culturais.