Microsoft investe em startup especializada em big data

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

6 de fevereiro de 2019 às 11:01 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O ano de 2019 começou e as apostas das grandes empresas de tecnologia em startups de big data continuamA Microsoft investiu na Databricks, uma startup especializada em extrair informações de grandes bases de dados. A startup fornece a empresas clientes uma plataforma integrada de análise de dados que promete acelerar a inovação ao unificar ciência de dados, engenharia e negócios.

A Databricks foi criada a partir de um projeto de pesquisa na UC Berkeley. Na época, o projeto era chamado de “Spark”. A rodada de investimentos foi no valor de US$ 250 milhões, liderada por Andreessen Horowitz.

Em janeiro, a gigante chinesa Alibaba adquiriu a startup de big data Data Artisans por US$103 milhões. Com a aquisição, a Alibaba quer promover o crescimento de comunidades de código aberto e impulsionar o desenvolvimento da tecnologia.

Com o novo aporte, a startup atingiu o valor de mercado de US$ 2,75 bilhões. Além da Microsoft e Andreessen Horowitz, a Coaute Management e New Enterprise Associates também participaram da rodada. Ao todo, a Databricks já levantou US$ 498,5 milhões em capital.

Competência em análise de dados e machine learning

O interesse da Microsoft pela Databricks não é novo. Em 2018, as empresas se uniram para trazer a solução da startup aos clientes da Azure, nuvem da Microsoft. A partir de então, com um clique, os clientes da Microsoft podem começar a usar os serviços da startup.

“A Databricks tem mostrado uma liderança enorme em big data, ciência de análise de dados, e está posicionada de forma única com a Microsoft para conhecer as necessidades dos clientes em big data e machine learning”, afirmou Rohan Kumar, vice-presidente de dados da Azure na Microsoft, no anúncio do investimento.

Além da empresa fundada por Bill Gates, a Databricks possui entre os clientes a Nielsen, Overstock, Shell e HP.