Microsoft contrata executivo ex-Apple para liderar Inteligência Artificial

João Ortega

Por João Ortega

21 de agosto de 2019 às 13:18 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Microsoft está investindo em sua divisão de Inteligência Artificial. Segundo o The Information, o executivo Bill Stasior, que estava na Apple, foi contratado para liderar uma nova equipe dedicada à tecnologia. A reportagem não especifica, no entanto, em quais produtos o recém-criado grupo irá focar.

Stasior passou sete anos na Apple, onde liderava a divisão responsável pela Siri, assistente pessoal da marca. Apesar da experiência com este tipo de produto, ele não irá trabalhar diretamente na Cortana, assistente pessoal da Microsoft – que está inclusive perdendo espaço dentro da própria empresa.

Apesar de contar com uma robusta área de pesquisa e desenvolvimento, a Microsoft fica bem atrás da concorrência, como Amazon e Google, em relação a projetos com Inteligência Artificial para os clientes. A contratação de um líder experiente na área, que é o caso de Bill Stasior, é um esforço da empresa para mudar este cenário. Soma-se a isto o investimento de US$ 1 bilhão em startup do setor e um programa de capacitação de 15 mil funcionários para a tecnologia.

De acordo com a reportagem, Bill Stasior saiu da Apple após a promoção de John Giannandrea, ex-Google, à liderança da divisão de Inteligência Artificial e Machine Learning da empresa. Na ocasião, Stasior perdeu a autonomia à frente da equipe da Siri e ficou com funções pouco definidas internamente. Em maio, ele se afastou da companhia de Tim Cook e ficou no mercado de trabalho desde então.