Microsoft anuncia compra da BlueTalon, startup de segurança de dados

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

30 de julho de 2019 às 10:09 - Atualizado há 1 ano

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A Microsoft anunciou, nesta segunda-feira (29), que adquiriu a BlueTalon, provedora de soluções de controle de acesso a dados multi-plataforma. A startup, com sede na Califórnia, elimina pontos cegos de segurança das companhias, fornecendo soluções de conformidade e governança.

O valor da aquisição não foi revelado. Em um comunicado, Rohan Kumar, vice-presidente corporativo da Microsoft Azure, afirmou que a BlueTalon ajudará a Microsoft a capacitar empresas de setores a se transformar digitalmente enquanto garantem o uso correto de dados com governança centralizada em escala. 

“No coração de qualquer transformação digital está a descoberta de dados, o acesso e o uso simples, seguro, compatível e confiável. A privacidade dos dados é uma das questões que definem o nosso tempo, conforme evidenciado pela introdução e evolução das leis de privacidade em todo o mundo”, disse Kumar. 

Fundada em 2013 por Pratik Verma, a BlueTalon concentrará sua tecnologia e equipe para criar soluções de governança e privacidade de dados profundas como parte da Microsoft Azure. “Os clientes corporativos da BlueTalon começaram a migrar cada vez mais seus dados para a nuvem e nos pediram para apoiá-los nesse processo. Quando começamos a explorar oportunidades de parceria com vários provedores de nuvem de hiperescala para melhor atender nossos clientes, a Microsoft nos impressionou profundamente”, disse Eric Tilenius, CEO da startup.