Mercedes-Benz lança patinete elétrico e irá concorrer com BMW no setor

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

18 de setembro de 2019 às 11:59 - Atualizado há 9 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Mercedes-Benz lançará, em breve, seus próprios patinetes elétricos. Em um comunicado, a companhia afirmou que venderá o veículo no início de 2020. O anúncio foi discreto: a empresa não deu detalhes sobre valores, alcance, velocidade máxima ou outras especificações. 

O que se sabe até agora é que o patinete foi desenvolvido em parceria com a empresa suíça Micro. “O novo E-Scooter da família Mercedes-Benz EQ [de veículos elétricos] foi desenvolvido em cooperação com a especialista em patinetes elétricos Micro e foi projetado especificamente para os primeiros e últimos momentos de deslocamento, sendo o companheiro perfeito para aqueles que desejam soluções de mobilidade flexível”, disse a Mercedes-Benz em um comunicado.

Até mesmo a foto divulgada pela companhia não entrega muitos detalhes. “Junto com a marca Micro, a estrela da Mercedes e o logotipo EQ aparecem na haste do guidão como uma marca registrada da Electric Intelligence”, afirmou a empresa. Tudo indica que as vendas serão iniciadas na Alemanha. O que se pode esperar é que o modelo seja semelhante ao Suspension ou Merlin, produzidos pela Micro.

A Mercedes-Benz não é a única a se aventurar na tendência dos patinetes elétricos. Em 2018, a Ford anunciou a compra da Spin por US$ 100 milhões. Alguns meses depois, divulgou sua nova frota e uma marca remodelada. Já a BMW lançou três modelos de patinetes elétricos.