LinkedIn lança recurso de transmissão de vídeos ao vivo na plataforma

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

13 de fevereiro de 2019 às 08:07 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O LinkedIn anunciou, nesta segunda-feira (11), um novo recurso em sua plataforma: o LinkedIn Live. A solução permitirá que os clientes façam vídeos com transmissão ao vivo, e foi lançada em uma versão beta para alguns usuários convidados nos Estados Unidos. Nas próximas semanas, a companhia disponibilizará um formulário para aqueles que também desejam testar a novidade. O recurso ainda não tem data para chegar ao Brasil.

Com o LinkedIn Live, os usuários e empresas poderão transmitir conferências, eventos, anúncios de produtos e outros conteúdos. “O vídeo é o formato de mais rápido crescimento em nossa plataforma agora, e o mais provável é fazer as pessoas falarem”, disse Pete Davies, diretor de gerenciamento de produtos do LinkedIn, em entrevista ao TechCrunch. Segundo ele, transmissão ao vivo tem sido o recurso mais solicitado.

A nova ferramenta de vídeo foi criada em parceria com diversas empresas, como Wirecast, Switcher Studio, Wowza Media Systems, Socialive e Brandlive. Já a Microsoft, que comprou o LinkedIn em 2016, também contribuirá com um suporte em nuvem.

O poder dos vídeos

Desde que passou a aceitar vídeos em sua plataforma, em 2017, o LinkedIn obteve um crescimento de tráfego. Segundo um relatório da Microsoft sobre o último trimestre de 2018, a rede social registrou um aumento de 29% em sua receita, com um tempo de sessão dos usuários 30% maior. Hoje, o LinkedIn registra 600 milhões de clientes em todo o mundo. Possivelmente, com a chegada da ferramenta Live, este número aumentará.