5 lições que todo empreendedor deve aprender com Sam Walton, fundador do Walmart

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

12 de março de 2020 às 19:44 - Atualizado há 7 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Em 1962, nascia a primeira unidade do Walmart. A loja, que deu origem a uma das maiores e mais importantes marcas varejistas do mundo, foi criada por Sam Walton — que desde a adolescência trabalhou com vendas — e seu irmão Bud. Hoje, a rede possui cerca de dez mil unidades em diversos países e um valor de mercado de mais de US$ 200 bilhões. O sucesso do Walmart se deve, principalmente, a visão de Walton, que faleceu em 1992. Confira cinco lições que podemos aprender com sua trajetória:

1. Não tenha medo de errar

A primeira loja dos Waltons foi uma franquia da rede Ben Franklin, na cidade de Newport — em 1945. Sam e seu irmão transformaram a unidade em uma das maiores da marca. Em 1950, os empreendedores decidiram se mudar para Bentoville, onde fundaram uma pequena loja chamada Walton’s 5&10. Alguns anos depois, em um movimento arriscado, deram um novo passo para criar o Walmart. O foco era oferecer mercadorias mais baratas e de qualidade, com foco na experiência dos clientes. Em apenas dois anos, o negócio já contava com 24 lojas e um faturamento de US$ 12,6 milhões.

2. Inove sempre

Desde sua fundação, o Walmart investe (e muito) em inovação. Hoje, a rede já possui mais de mil lojas com funcionários robôs, já testou entregas com carros autônomos, usa realidade virtual para promover funcionários e até mesmo tecnologia de voz para ajudar clientes em suas compras. E não é por acaso. Sam Walton sempre acreditou que para prosperar, é preciso se diferenciar. “Se todos estão fazendo algo de uma maneira, há uma boa chance de ter sucesso indo exatamente na direção oposta”, ressaltou o empreendedor em uma lista onde destaca dez regras para construir um bom negócio.

3. Comprometa-se 

O comprometimento com os clientes e com o próprio negócio também foi crucial para o sucesso do negócio de Walton. “Acredite nisso mais do que ninguém. Se você ama o seu trabalho, estará lá todos os dias tentando fazer o melhor que puder, e em breve todos os que estão por aí sentirão a sua paixão – como uma febre”, escreveu o executivo no documento.

4. Valorize o seu time

Walton definia os funcionários do Walmart como “parceiros”. Para o executivo, ter um time competente, engajado e integrado com as decisões da empresa são pontos essenciais para uma jornada próspera. Motivar a equipe, comunicar os passos da companhia e apreciar cada conquista são algumas das “regras de negócios” deixadas por Sam. 

5. Foque no cliente

O empreendedor acreditava que em qualquer companhia, uma boa gestão de negócios só poderia ser feita com a consciência de que só existe um chefe: o cliente. “Ele pode demitir todas as pessoas da empresa, do presidente ao faxineiro, simplesmente levando o seu dinheiro para gastar em outro lugar”, afirmou Walton em um dos treinamentos de equipe do Walmart. Portanto, na visão do executivo, valorizar o consumidor e exceder suas expectativas é um dos pontos mais importantes para ter sucesso.

Assim como o Walmart, as empresas que oferecerem melhores serviços com uma gestão de negócios focada no consumidor serão capazes de fidelizar o seu público e se destacar. Saiba como criar uma estratégia assertiva na imersão presencial Gestão de Negócios com foco no cliente!