Instagram expande combate a fake news

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

18 de dezembro de 2019 às 11:16 - Atualizado há 10 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Instagram está contando com agências terceirizadas para avaliar a veracidade de conteúdos publicados na plataforma – e identificar, por exemplo, se são fake news. A iniciativa começou em maio deste ano e foi expandida globalmente nesta segunda-feira (16). As publicações identificadas como falsas são sinalizadas e passam a conter detalhes e sites com as informações corretas. Os usuários são avisados antes de compartilhá-las.

Além da expansão do serviço, o Instagram começou a identificar automaticamente conteúdos já sinalizados como falsos ou parcialmente falsos no Facebook. “Nós utilizamos a tecnologia de correspondência de imagens para encontrar outras publicações do conteúdo e aplicar os rótulos, ajudando a diminuir a disseminação da desinformação”, escreve a empresa no anúncio.

A rede social focada em fotos e vídeos diminui o alcance das publicações enganosas ao removê-las da aba “Explorar” e das páginas com hashtags. O rótulo é visível nas postagens no feed, perfil, stories e nas mensagens diretas.

O Instagram identifica quais publicações as agências devem avaliar de acordo com feedbacks dos usuários e com algoritmos. Recentemente, a empresa adicionou “informação falsa” às opções de denúncia de conteúdo impróprio.

Leia mais: Facebook inaugura aba exclusiva de notícias para combater fake news