Idec aciona Hering por uso de reconhecimento facial

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

26 de fevereiro de 2019 às 16:43 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Hering lançou a “Hering Experience”, loja conceito no Morumbi Shopping, em outubro do ano passado. A loja se destaca por sua tecnologia, que utiliza desde reconhecimento facial à detecção de calor para analisar os sentimentos dos clientes. A empresa foi notificada na última sexta-feira (22) pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor para prestar esclarecimentos.

Para o IDEC, a empresa estaria utilizando a tecnologia sem a autorização prévia dos clientes. O órgão afirmou estar em alerta com possíveis violações a direito dos consumidores – um deles seria o direito à liberdade de escolha.

Um dos questionamentos do órgão público é que a obtenção e análise dos dados deveria acontecer com o consentimento dos clientes. O IDEC toma como base a Lei de Proteção de Dados Pessoais que entrará em vigor no ano que vem.

Agora, o IDEC aguarda a resposta da Hering sobre as tecnologias utilizadas na Hering Experience. A marca de roupas possui dez dias para responder.

A tecnologia da loja conceito da Hering

Assim que um cliente entra na loja, a Hering é capaz de identificar o sexo e a faixa etária dos clientes. Com isso, a loja conceito é capaz de mudar as propagandas nas televisões para o público-alvo do momento.

Além disso, a Hering Experience também possui sensores de calor para identificar as zonas de maior preferência para os clientes que frequentam o local. Essa é uma solução semelhante às utilizadas em e-commerces, capazes de analisar os locais mais clicados pelos consumidores.

A loja conceito oferece uma experiência omnichannel ao se integrar com a loja online da marca. Os clientes podem realizar compras online e buscá-las na loja física ou comprar na Hering Experience e receber os produtos em casa.

É possível fazê-lo, inclusive, sem sair do provador. A startup ICX Labs criou o espelho interativo Fitting You, presente na Hering Experience, que permite desde mudar a iluminação e música ambiente a realizar a compra online no provador (interessante principalmente para quando não há peças em estoque).

Outra inovação tecnológica presente na loja conceito são etiquetas com identificação por radiofrequência (RFDI) que facilitam a gestão do estoque das peças.