IBM registra patente de relógio que se transforma em smartphone e tablet

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

8 de julho de 2019 às 15:51 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A IBM poderá futuramente entrar para o mercado de smartwatches. A empresa de tecnologia patenteou um relógio que se transforma em um telefone ou tablet no próprio pulso. De acordo com o documento e imagens em 3D desenvolvidas pela LetsGoDigital, o dispositivo teria uma primeira tela maior do que os relógios atuais e que exibiria informações de hora, tempo e outros aplicativos.

Essa mesma tela, quase sem bordas, seria capaz de se desdobrar em outros quatro painéis, acionando o modo smartphone e exibindo novos ícones, barra de pesquisa para internet e outros detalhes. Por fim, ela também se expandiria para outras oito partes, formando um tablet com feed de notícias, e-mail e diversas funcionalidades. A patente não especifica se a extensão seria feita manualmente ou automaticamente.

Imagem: LetsGoDigital

Segundo a IBM, a tela seria expandida em um “um conjunto de slides que formam um compartimento de armazenamento dentro do invólucro”, que reconhece os tamanhos e exibe as imagens, à medida em que os painéis são deslizados. O dispositivo ainda seria equipado com alto-falantes e teria compatibilidade para teclados e mouses.

O documento não especifica outros detalhes sobre a experiência do usuário, uso do dispositivo ou quais tecnologias seriam usadas. A patente foi solicitada em 2016, mas só foi aprovada e publicada no banco de dados do USPTO (United States Patent Marcas Trademark Office) em junho deste ano.