FedEx não fará mais entregas aéreas da Amazon

Da Redação

Por Da Redação

10 de junho de 2019 às 18:41 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A FedEx anunciou que não vai mais transportar os pacotes da Amazon em seus aviões. Os pacotes da Amazon farão seu último vôo, nos aviões da FedEx, nos Estados Unidos, no final deste mês. Uma porta-voz da empresa norte-americana de logística disse à CNN Business que a decisão afeta apenas o transporte aéreo. A operadora continuará a entregar pacotes para a Amazon internacionalmente.

A medida acontece quando a FedEx e a Amazon competem mais diretamente na logística de entrega. Por exemplo, ambas as empresas estão desenvolvendo robôs autônomos para entregar suas encomendas. Em fevereiro, a Fedex anunciou o seu robô de entregas rápidas. No início da semana passada, a Amazon revelou seu mais recente drone de entregas rápidas.

A indústria de entregas há muito tempo é dominada pelos rivais FedEx e UPS, que têm lutado para lidar melhor com a Amazon, que é ao mesmo tempo um grande cliente e uma ameaça. É possível que a UPS possa se beneficiar no curto prazo, caso a Amazon transfira alguns negócios da FedEx para a UPS. Por outro lado, os motivos que levaram a FedEx a não renovar o contrato com a Amazon são os mesmos que podem prejudicar a UPS. Agora, é esperar para ver se a FedEx pretende, em um futuro próximo, tomar a mesma medida que adotou nos Estados Unidos em outros países em que atua. Por hora, a operadora continuará a entregar pacotes para a Amazon internacionalmente.