Facebook pode lançar sua criptomoeda no dia 18

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

7 de junho de 2019 às 13:00 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A ideia que o Facebook pode criar sua própria criptomoeda não é nova. No entanto, a rede social agora pode ter uma data de lançamento: dia 18 de junho, segundo o TechCrunch. A criptomoeda tem sido chamada de “Libra” e deverá ser gerida por uma instituição independente da empresa.

A intenção é que a instituição tenha participação de outras companhias e governos como forma de evitar os comentários de “monopólio” do Facebook. Isso acontece porque a moeda virtual será global e não atuará apenas no Facebook, WhatsApp ou Messenger – o objetivo é que ela também seja utilizada em compras físicas em estabelecimentos parceiros. Os planos são que o câmbio também possa ser realizado de forma offline, através de caixas eletrônicos.

A criptomoeda foi idealizada levando em conta principalmente os países emergentes, em que a flutuação de valor das moedas oficiais tende a ser maior. A expectativa do Facebook é de criar uma criptomoeda mais “estável”. A associação com outras empresas e governos também tem o objetivo de criar um fundo de US$ 1 bilhão para garantir essa estabilidade.

A usabilidade da criptomoeda

São muitas as oportunidades de uso da criptomoeda dentro do próprio Facebook. Um exemplo é a transferência entre pessoas sem a cobrança de taxas. Outros exemplos são o pagamento de serviços do próprio Facebook (como propagandas e publicidades veiculadas por empresas) e na compra de objetos do Marketplace.

A transferência de dinheiro entre pessoas é um dos principais destaques, pois poderia ser realizada com a facilidade de enviar um áudio ou foto. Isso tem um papel primordial principalmente para as pessoas desbancarizadas, que poderiam realizar pagamentos inclusive internacionais (já que a criptomoeda é global) através do celular.

A data de lançamento do white paper no dia 18 de junho tem como fonte Laura McCracken, chefe de serviços financeiros do Facebook na Europa. Ela contou ao jornalista Sebastian Kirch, do veículo WirtschaftsWoche. Independente de sua data de lançamento, o white paper nos trará ainda mais detalhes dos planos do Facebook – inclusive se o nome realmente será “Libra”.