Facebook segue Instagram e começa a esconder número de likes

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

27 de setembro de 2019 às 13:00 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Facebook deixou de exibir o número de curtidas em publicações nesta sexta-feira (27), na Austrália. Apenas os donos dos posts, fotos e vídeos poderão visualizar quantas curtidas foram recebidas. Como no Instagram, os usuários poderão ver apenas quem curtiu o post, sem métricas numéricas.

Confira o print de Jane Manchun, programadora conhecida por descobrir lançamentos de aplicativos:

Um porta-voz do Facebook informou ao TechCrunch que a iniciativa está em fase de testes. A rede social irá avaliar se a ocultação melhora a experiência dos usuários ou se há uma diminuição no engajamento nas publicações. Se aprovada, a empresa pode começar a esconder as curtidas em outros países.

Algumas das maiores redes sociais são do Facebook que, além do site homônimo, adquiriu o Instagram e o WhatsApp. Estudos associam o aumento de infelicidade, bullying, inveja e até depressão devido ao uso das redes – o que tem estimulado essa mudança de postura do Facebook.

Quando acabou com o número de curtidas no Instagram, a empresa afirmou que deseja que “os seguidores se concentrem mais nas fotos e vídeos que são compartilhados do que na quantidade de curtidas que recebem”. A iniciativa tem sido taxada também como uma estratégia de marketing pelos usuários.